Reportagem

RBTV: Se Toda a Gente Pode Ser Tudo, então todos podem escutar “Espelho” de NBC em língua gestual

Faixa que integra o próximo disco do rapper, Toda a Gente Pode Ser Tudo, com lançamento apontado para 2016, foi traduzida para língua gestual em novo vídeo.

Ler +

Um caso de humildade e perseverança. Foi real hip-hop no Clube Ferroviário

A marginal lisboeta recebeu uma noite de hip hop memorável com o nova-iorquino Tableek, da clássica crew Maspyke, que nos deu a prova de que o rap underground está vivo e recomenda-se. Praso e Beware Jack foram os nossos representantes lusos, acompanhados por DJ Said.

Ler +

Bruce Almighty é o novo vice-campeão da Red Bull BC One

B-boy que defendeu em Roma as cores portuguesas foi derrotado na final por apenas um voto.

Ler +

Skinner cumpriu e P-Money revelou-se em mais uma noite C.R.E.A.M.

Discoteca Lux encheu para se divertir com o DJ set do ex-líder dos The Streets, mas foi o rapper de Londres que mais impressionou.

Ler +

RAP Talks encerra com as memórias de Mundo Segundo e José Mariño

Ciclo de conferências que tinha como mote pôr toda a gente a falar de hip hop teve produção da Associação Cultural Arte à Parte.

Ler +

Regresso ao passado no RAP Talks com Rui Miguel Abreu e NBC

O primeiro dia do RAP Talks pôs Rui Miguel Abreu e NBC a desmistificar o preconceito que ainda persegue o rap, para uma plateia cheia, no Time Out Mercado da Ribeira.

Ler +

Mano A Mano @ Copenhagen Bar: da Margem Sul para o universo nacional em três anos

A editora celebrou mais um ano de vida com um encontro entre artistas, amigos, conhecidos e apaixonados da cultura hip hop.

Ler +

Festival Rimas e Batidas: o futuro do hip hop tuga passou pelo S. Jorge

A noite foi de hip hop no S. Jorge: Slow J conquistou o público; os ASTROs ProfJam e Mike El Nite trouxeram constelações trap e electrónicas; Beware Jack e Blasph estrearam O PROCESSO; Prodígio e plateia misturaram-se no palco.

Ler +

Festival Rimas e Batidas: escuridão sensorial

Envolvida num manto breu, a Sala 2 do S. Jorge foi palco de um apelo aos sentidos no segundo dia do evento com a rave a rasgar de Shcuro e Lake Haze, a electrónica mais ambiental de Old Manual e o desconcerto de beats e rimas com VULTO. + L-ALI

Ler +

Festival Rimas e Batidas: a noite em que o palco foi delas

Fábia Maia, Caroline Lethô, Blink e Sequin estiveram em palco no primeiro dia do Festival Rimas e Batidas no S. Jorge. Uma noite especial que também foi uma montra para os novos valores femininos da música nacional que se movimentam pelo hip hop, pela electrónica, pelos acústicos e pela pop.

Ler +