Entrevistas

Adrian Younge: “Sinto que Twelve Reasons to Die caminha para uma trilogia”

É um dos produtores e compositores nos terrenos do hip hop mais requisitados dos últimos meses: Adrian Younge resgatou para o género uma aura neo-soul que tem deixado marca nas produções em que deixa impressões digitais. A última foi a sequela Twelve Reasons to Die II, álbum cinematográfico que assinou com Ghostface Killah. Numa conversa com Ricardo Miguel Vieira abordou a produção deste último disco, o cinema enquanto elemento influenciador do hip hop e as composições em objectos estritamente analógicos que configuram a sua identidade.

Ler +

Run The Jewels: “O rap é para os famintos”

Vieram, viram e venceram. A dupla Run The Jewels tomou o Porto de assalto com um set arrasador no NOS Primavera Sound. Antes de subirem ao palco, dissertaram com Rui Miguel Abreu sobre importantes assuntos. Como Meow The Jewels, barbeiros e gatos rappers.

Ler +

Kristóman: “Quero que Remédio Santo seja o remédio para muitos”

O membro do colectivo Tribruto anunciou esta semana que vai editar o seu primeiro disco a solo em 2016. Ricardo Miguel Vieira trocou umas palavras com o rapper algarvio sobre o que está para vir em Remédio Santo.

Ler +

Michael Rother: era uma vez o Krautrock

Michael Rother é uma figura-chave da música mais exploratória da década de 70: integrou brevemente os Kraftwerk, formou os Neu! e os Harmonia com músicos dos Cluster, colaborou com Brian Eno e quase entrou em “Heroes” de David Bowie. São essas as credenciais que pretende apresentar ainda este mês nos palcos do Milhões de Festa e da galeria ZdB, a 25 e 27, respectivamente. Antes, porém, conversou longamente com Rui Miguel Abreu sobre uma coisa que nunca existiu chamada krautrock.

Ler +

Cakes Da Killa: “A minha música muda consoante o meu humor, mas é sempre rap”

O rapper de Nova Jersey passou por Portugal para apresentar o seu último EP, #IMF. A Bruno Martins falou sobre o seu início de carreira no hip hop, a produção de um álbum e o rótulo queer rap que lhe associam.

Ler +

O “processo de fermentação de grooves” de Roots Manuva

Este pode ser um ano frutífero para o mais reconhecido rapper britânico: lançou há poucos meses o EP Facety 2:11 – com produções de Four Tet e Machinedrum – e aponta para o lançamento de um novo álbum. Em conversa com Alex King, o MC de Brixton revê a constante batalha para acompanhar os tempos e o trabalho com alguns dos produtores mais reputados do momento.

Ler +

Halloween: “O meu maior medo? Tenho medo de Deus”

Com Projecto Mary Witch e A Árvore Kriminal, enformou-se um mito em torno de Allen Halloween. Na companhia dos seus Kriminals, lançou autênticos álbuns fotográficos sonoros sobre as ruas e tornou-se num dos mais impressionantes rappers underground em Portugal. De tal modo que os quatro anos até à edição de Híbrido foram recheados de rumores quanto à data de lançamento deste que é o seu terceiro álbum. A espera foi longa, mas valeu a travessia. A Bruno Martins, a “bruxa” concedeu a primeira entrevista sobre o seu regresso aos discos.

Ler +

RIOT: “A nossa vida é acordarmos e sentarmo-nos para mandar emails ou fazer música”

RIOT termina esta quinta-feira a primeira “temporada” da curadoria Fala Baixo no Musicbox. Numa conversa com Bruno Martins, o produtor dos Buraka Som Sistema passou em retrospectiva a iniciativa que fixou a bass music na noite lisboeta.

Ler +

Dotorado Pro: o prodígio da Enchufada

Valdano Silva deu nas vistas com a produção da faixa “African Scream”. A editora Enchufada rendeu-se à qualidade das marimbas deste angolano e editou a faixa, abrindo as portas ao mundo das pistas de dança ao jovem residente em Setúbal. Numa entrevista a Ricardo Miguel Vieira, Dotorado Pro aborda as mudanças na sua vida protagonizadas por “African Scream” e revê o futuro em horizonte.

Ler +

Peter Zinovieff: um inventor de novos sons

Peter Zinovieff, pioneiro da electrónica britânica, colaborador de Delia Derbyshire e co-inventor do sintetizador VCS3, vê agora a sua obra ser alvo de uma antologia curada por Sonic Boom. A par com o recente lançamento de Electronic Calendar – The EMS Tapes, Rui Miguel Abreu recupera uma entrevista com o inventor realizada por altura do Red Bull Music Academy em Londres e nunca antes publicada.

Ler +