Posts by Rui Miguel Abreu

DJ Marfox e as políticas da dança (II): a integração pelo ritmo e a transformação de Portugal

Há uma revolução cultural a ganhar forma nas periferias de Lisboa e o mundo já tomou o pulso a esse acontecimento. É a Batida de Lisboa que DJ Marfox semeou pelas pistas de dança.

Ler +

Batida e as políticas da dança: quando o ritmo não ofusca as ideias e propulsiona a revolução

A electrónica não tem necessariamente que ser hedonista e despir-se de mensagens políticas. Batida, a ideia feita música de Pedro Coquenão, é a prova.

Ler +

Razat: a liberdade criativa, o álbum e a bass scene portuguesa

Razat é dos mais impressionantes produtores na cena bass – com ligação ao hip hop – em território português. Encontra-se actualmente numa acutilante fase criativa e tem projectados um EP com Holly, diversas colaborações e até um álbum. Rui Miguel Abreu conversou com o produtor estabelecido nas Caldas da Rainha sobre o presente e o futuro, entrevista que acompanha uma mixtape exclusiva para o ReB.

Ler +

A Caminho de SWISH I: Pop heart

Enquanto o novo disco de Kanye West não aterra neste planeta, o Rimas e Batidas recorda alguns momentos-chave do seu incrível passado mais recente numa série de ensaios. O primeiro conecta as peças do despedaçado coração de Yeezy em 808’s & Heartbreak.

Ler +

1979: o ano do nascimento de Rapper’s Delight

O primeiro disco de hip hop foi lançado há 36 anos. Rapper’s Delight, pode dizer-se, mudou o curso da história.

Ler +

Donnie Trumpet & The Social Experiment // Surf

O som das ruas de Chicago projectado na Broadway.

Ler +

Zombi // The Zombi Anthology

Música de sintetizadores de horror carimbada com selo heavy metal.

Ler +

John Carpenter: o maestro do horror

John Carpenter tem estado relativamente ausente dos grandes ecrãs neste milénio, mas a influência da sua música cresceu exponencialmente permitindo que toda uma indústria se erguesse em torno das bandas sonoras de filmes de terror. E agora, o realizador interrompe a sua reforma para apresentar o primeiro álbum da sua carreira que não precisou de um filme para existir. Chama-se Lost Themes.

Ler +

Corona // Lo-Fi Hipster Sizzurp

É nasty hipster sheat.

Ler +