7 Dias, 7 Vídeos

[TEXTO] Gonçalo Oliveira [FOTO] Direitos Reservados

Era digital, informação à velocidade da luz. Vídeos e músicas a soçobrar pelas plataformas virtuais. Novidades emaranhadas entre si, confusão sónica, sentidos desorientados. Quem nos guia? Por onde vamos? Para onde vamos?

7 Dias, 7 Vídeos é o resgate audiovisual semanal no terreno do hip hop. Filtragem de qualidade, barreira contra a poeira que nos cega com tanto de novo, com tanto para espreitar e escutar.

 


[Tyler, The Creator] “POTATO SALAD” Feat. A$AP Rocky

Tyler, The Creator tem estado bastante activo no ano em que se estreou em Portugal. Flower Boy celebrou recentemente o seu primeiro aniversário e o eterno cabecilha dos OFWGKTA não parou de nos mostrar novas músicas, remisturas, maquetes e até mesmo um documentário num formato nunca antes visto desde então.

O último disco de A$AP Rocky é bem mais recente que o do seu colega e, para ajudar a promover Testing, o rapper de Harlem lançou o terceiro volume na série AWGE DVD. Tyler não quis ficar de mãos a abanar e recuperou “POTATO SALAD” dessa compilação audiovisual para o seu canal no YouTube.

 


[BROCKHAMPTON] “1997 DIANA”

Alteração na táctica: desta vez foi com algumas horas de antecedência ao programa dos BROCKHAMPTON na Beats 1 Radio que “1997 DIANA” nos chegou aos ouvidos. Mas nem tudo mudou, já que o grupo estreou “DON’T BE FAMOUS” no podcast Things We Lost In The Fire e é novamente Kevin Abstract a assinar a realização do último videoclipe.

 


[The Internet] “La Di Da”

Se ainda não ouviram Hive Mind, podem encontrar hoje um guia para o quarto disco dos The Internet aqui, no ReB, através das palavras do Miguel Alexandre. “La Di Da” é o mais recente tema do LP a receber o estatuto de single, uma faixa descontraída que sucede a “Come Over” e ao viciante “Roll (Burbank Funk)”.

 


[Blood Orange] “Charcoal Baby”

Devonté Hynes está de volta com o projecto Blood Orange. Vem aí o sucessor de Freetown Sound — editado em 2016 — e a antecipação do projecto não poderia começar da melhor forma, já que 24 horas após a edição de “Charcoal Baby” aterrou também “Jewelry” no canal de YouTube de Blood Orange.

Apesar desta faceta artística de Dev Hynes ainda passar despercebida, são constantes os créditos que o seu nome vai amealhando na música de outros artistas: Skepta, A$AP Rocky, The Internet ou Mac Miller trabalharam com o multifacetado artista durante o último ano.

 


[Grandmilly & Shozae] “Cyber Tech Suits”

São de Long Island, Nova Iorque, mas a música que assinam parece vir da costa oposta à que representam. Talvez seja por isso que a Stones Throw não deixou passar a hipótese de os “agarrar”, já que Grandmilly & Shozae são uma das apostas de Peanut Butter Wolf para a sua editora em 2018. O disco de estreia enquanto dupla, Adventureland, chega-nos no 24 de Agosto.

 


[Tobe Nwigwe] “EWU.”

Quem subscreve o canal de Tobe Nwigwe sabe bem que os domingos são sagrados. O rapper de Houston, Texas, é um nome constante no lote de temas que acumulo semanalmente antes da triagem apresentada em 7 Dias, 7 Vídeos e hoje chega a altura do nome de Tobe figurar na lista final. Com um disco editado este ano — THË ØRÎGÎNĀŁS. chegou em Maio — música nova não tem faltado. #getTWISTEDsundays é uma rubrica que merece ser acompanhada e há temas de Tobe Nwigwe para todos os gostos. “FÛËGØ.”, “TABERNACLE.” e “HËÂT RŌČK.” são três sugestões para iniciantes.

 


[Kayo Genesis] “Distance”

Kayo Genesis está em mutação e a apontar para metas mais ambiciosas. Com apenas três anos de carreira, 2018 foi o ano escolhido para arrancar com um canal no YouTube e “Distance” é o seu terceiro conteúdo, um videoclipe realizado e editado pelo próprio artista. Kayo Genesis é mais um produto dessa quente Califórnia musical, que tão bem sabe aliar o poderio verbal do rap aos cânticos r&b.

Gonçalo Oliveira

Gonçalo Oliveira

Filho bastardo do jazz e da soul que encontrou no hip hop uma nova forma de abordar linguagens musicais perdidas no tempo. Não tem uma música favorita porque Jimi Hendrix e J Dilla nunca trabalharam juntos.
Gonçalo Oliveira