pub

Texto: ReB Team
Fotografia: Direitos Reservados
Publicado a: 27/06/2022

Mais uma mostra da excelência da música negra.

Jazmine Sullivan, Kendrick Lamar, Tems e MD Chefe entre os vencedores dos BET Awards 2022

Texto: ReB Team
Fotografia: Direitos Reservados
Publicado a: 27/06/2022

Este domingo, dia 26 de Junho, no Microsoft Theater, em Los Angeles, os BET Awards voltaram a reunir alguns dos talentos dos universos do hip hop e do r&b americano numa gala apresentada, mais uma vez, pela actriz Taraji P. Henson.

A apresentadora foi logo a primeira, no seu monólogo de abertura, a falar sobre um dos assuntos mais badalados dos últimos dias, criticando a decisão que foi tomada: o Supremo Tribunal reverteu, no final da semana passada, a decisão no caso Roe vs Wade que estabeleceu o direito ao aborto. Não foi a única: Janelle Monáe, Jazmine Sullivan (que venceu na categoria Melhor Artista Feminina de r&b/pop) ou Latto (que levou para casa o prémio para Artista Revelação) também se pronunciaram sobre o assunto.

Para além das duas vencedoras anteriormente mencionadas, o destaque vai para as vitórias de The Weeknd em Melhor Artista Masculino de r&b/pop, de Megan Thee Stallion em Melhor Artista Feminina de hip hop, de Kendrick Lamar em Melhor Artista Masculino de hip hop e em parceria com Baby Keem para Vídeo do Ano com “Family Ties” — aqui houve empate técnico com “Smokin Out The Window”, dos Silk Sonic, duo que também ganhou nas categorias Melhor Grupo e Álbum do Ano.

A celebração não se fez só com americanos: a nigeriana Tems ultrapassou a concorrência para se tornar a Melhor Artista Internacional (e ainda levou de reboque a Melhor Colaboração com “Essence”) e o brasileiro MD Chefe recebeu o troféu para Melhor Artista Revelação Internacional.

Diddy (o grande homenageado desta edição), Mary J. Blige e Lil Baby foram outros vencedores de uma noite que contou com actuações de Lizzo, Doechii, Chlöe ou Chance The Rapper & Joey Bada$$.


pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos