7 Dias, 7 Vídeos

[TEXTO] Gonçalo Oliveira [FOTO] Direitos Reservados

Era digital, informação à velocidade da luz. Vídeos e músicas a soçobrar pelas plataformas virtuais. Novidades emaranhadas entre si, confusão sónica, sentidos desorientados. Quem nos guia? Por onde vamos? Para onde vamos?

7 Dias, 7 Vídeos é o resgate audiovisual semanal nos terrenos do hip hop e electrónica. Filtragem de qualidade, barreira contra a poeira que nos cega com tanto de novo, com tanto para espreitar e escutar.


[Michael Kiwanuka] “Hero”

Magnífico trabalho de CC Wade, o realizador creditado na peça visual que acompanha este “Hero”, o terceiro avanço do terceiro LP do músico soul britânico — Kiwanuka sai no dia 1 de Novembro. O tema, que tem produção de Inflo e Danger Mouse e recupera uma estética celebrizada por Jimi Hendrix, é uma homenagem aos heróis políticos que inspiraram Michael Kiwanuka a compor as suas canções, muitos deles alvos do programa COINTELPRO, do FBI, que visava oprimir as vozes daqueles que se opunham ao sistema politico norte-americano durante a segunda metade do século passado, com especial foco em movimentos colectivos como o dos Black Panthers e o Black Power. O videoclipe de “Hero” retrata alguns desses episódios de perseguição de que foram alvos nomes como Martin Luther King, Malcolm X, John Lennon, Marvin Gaye ou Tupac.


[Smoke DZA, Benny The Butcher & Pete Rock] “7:30” feat. WestSide Gunn

C.L. Smooth, Smif-N-Wessun, Edo G ou Skyzoo — todos eles já puderam dividir um álbum com o lendário Pete Rock. Mas a lista de colaborações, mesmo aquelas mais pontuais, é bastante mais extensa do que isso. Smoke DZA, com quem o Soul Brother Number One até já tinha alinhado em Don’t Smoke Rock, e Benny The Butcher formam a nova dupla de MCs assistida pelo produtor em Statue of Limitations, que saiu na passada sexta-feira e teve este “7:30” como principal single.


[Kenny Beats] The Cave c/ Danny Brown

Vince Staples, JPEGMAFIA, Denzel Curry e Freddie Gibbs foram alguns dos rappers em destaque na primeira temporada da rubrica The Cave, curada por Kenny Beats no seu estúdio. A segunda season arrancou no final da semana que passou e teve Danny Brown enquanto convidado, protagonizando largos e genuínos minutos de comicidade ao lado do produtor, que apesar dos risos nunca perdeu o norte da batida que estava a desenvolver in loco, utilizada pelo rapper de Detroit no final do programa como base para alguns versos inéditos bem ao seu estilo.


[YBN Cordae] “RNP” feat. Anderson .Paak

A especulação em torno dos nomeados para a edição do próximo ano dos GRAMMYs já começou a fazer escorrer tinta na Internet e o nome de YBN Cordae surge como um dos potenciais candidatos a entrar na disputa por alguns dos galardões na cerimónia, que está agendada para o dia 26 de Janeiro. O rapper de Maryland esteve em destaque na Freshman Class de 2019 da XXL e aproveitou a boleia para se estrear nos álbuns com The Lost Boy, que tem convidados de peso tanto nas rimas (Chance The Rapper, Meek Mill ou Pusha T) como nas batidas (J. Cole, Cardiak ou Bongo). “RNP” é o quarto videoclipe a surgir do disco e tem a participação de Anderson .Paak.


[Virtus] “Fosco”

O arranque de 2018 trouxe-nos a Fosco Records, selo independente criado por Virtus e que no final da última semana ganhou o seu próprio hino. “Somos todos os que fazem o que gostam/ mas eu estou nos que fazem como gostam” resume na perfeição o propósito que move o autor de UniVersos, que tem estado no laboratório a delinear um novo disco.


[Lina_Raül Refree] “Cuidei que Tinha Morrido”

A influência que a voz de Amália Rodrigues deixou no timbre de Lina é notória em “Cuidei que Tinha Morrido”, canção que transporta o fado até ao universo dos sintetizadores e pianos electrónicos. O tema estreou no Rimas e Batidas e antecipa o álbum que a cantora portuguesa está a preparar em conjunto com Raül Refree, produtor espanhol que já trabalhou com Rosalía ou Lee Ranaldo dos Sonic Youth, e que chegará às lojas no dia 17 de Janeiro.


[Yuna] “Castaway” feat. Tyler, The Creator

É sempre caso para alarme ver o nome de Tyler, The Creator creditado num tema enquanto artista convidado, posição na qual o autor de IGOR raramente se coloca. A voz de Yuna, uma cantora da Malásia, serviu de isco para que o rapper deixasse a sua marca neste “Castaway”. O tema faz parte de Rouge, o mais recente LP da artista que pertence aos quadros da The Verve Music Group, uma sub-divisão da Universal Music Group. Robin Hannibal é o principal produtor do álbum que também regista aparições de Masego, Little Simz ou Kyle.

Gonçalo Oliveira

Gonçalo Oliveira

Filho bastardo do jazz e da soul que encontrou no hip hop uma nova forma de abordar linguagens musicais perdidas no tempo. Não tem uma música favorita porque Jimi Hendrix e J Dilla nunca trabalharam juntos.
Gonçalo Oliveira