7 Dias, 7 Vídeos

[TEXTO] Gonçalo Oliveira [FOTO] Direitos Reservados

Era digital, informação à velocidade da luz. Vídeos e músicas a soçobrar pelas plataformas virtuais. Novidades emaranhadas entre si, confusão sónica, sentidos desorientados. Quem nos guia? Por onde vamos? Para onde vamos?

7 Dias, 7 Vídeos é o resgate audiovisual semanal nos terrenos do hip hop e electrónica. Filtragem de qualidade, barreira contra a poeira que nos cega com tanto de novo, com tanto para espreitar e escutar.


[X-Tense] Pablo S01 EP01 – “Era Una Vez”

Pioneiro do rap humorístico e satírico em Portugal — ao lado de Swipe, nos Deck Arte — Nuno Barreiros elevou a fasquia com Pablo, o projecto que sucede à edição de Rosa Dragão, o seu álbum de estreia, e que o leva de volta às origens, agora com uma produção à medida do seu skill. O plano de X-Tense passa por ser regular na partilha dos próximos capítulos, com este “Era Una Vez”, o episódio piloto, a registar participações de Uzzy, Raptruista, Smile, Hype Myke, Pedro Durão, Pedro Sousa, Duarte Correia da Silva e Carlos Pereira.


[Rapsody] “Ibtihaj” feat. D’Angelo & GZA

Dois anos após ter estado em destaque nos GRAMMYs — o álbum Laila’s Wisdom valeu-lhe nomeações para Melhor Álbum de Rap e Melhor Canção Rap — Rapsody regressou aos temas em nome próprio, com este “Ibtihaj” a suceder a um período mais calmo da sua carreira, mas que não a impediu de emprestar alguns dos seus versos para complementar trabalhos de Evidence, Smif-N-Wessun, Black Thought ou PRhyme. Na sua nova faixa, Marlanna Evans presta homenagem a “Liquid Swords”, um clássico de GZA, que é um dos convidados, a par do lendário D’Angelo, para aquele que é o primeiro avanço de Eve, o seu próximo trabalho.


[Retch] “Dead Friends”

Nos últimos anos temos vindo a assistir ao desaparecimento precoce de algumas das mais jovens e inventivas mentes da cena hip hop, como são os casos de Mac Miller, ASAP Yams ou Fredo Santana. Estes são alguns dos artistas homenageados por Retch no seu mais recente videoclipe, que ilustra uma das faixas mais orelhudas do seu Richer Than The Opps, o álbum a solo que editou em Março passado. Há um par de semanas, o rapper de Nova Jérsia uniu esforços com Gu Mitch em GuWiiMoney.


[Bill Shakes] “Tugay Kerimoğlu”

Ainda à procura do momento certo para voar a maior altitude, Bill Shakes está nesta altura a preparar o seu álbum de estreia Eh?, que sairá pela Blah Records no dia 23 de Agosto. O rapper inspirou-se numa lenda dos Blackburn Rovers para os versos que regista em “Tugay Kerimoğlu”, tema produzido pelo “patrão” Lee Scott, em parceria com Jack Chard.


[Marlon Craft] 5 Fingers Of Death Freestyle @ Sway In The Morning

Não se deixem enganar pelo ar nerdy de Marlon Craft. O rapper criado em Hell’s Kitchen, Nova Iorque, tem no seu arsenal todos os ensinamentos dos grandes nomes que elevaram a fasquia do hip hop feito a partir do seu berço. Durante cinco minutos, Craft desfila knowledge por uma mão-cheia de batidas diferentes, deixando os veteranos Sway Calloway e Heather B perplexos com o seu skill ao microfone. A sua ida à rubrica matinal acontece no seguimento da edição de Funhouse Mirror, o seu mais recente álbum, repleto de nuances jazz e que conta com Nyck Caution ou Dizzy Wright na lista de convidados.


[Octavian] “Take It Easy” feat. Smokepurpp

Octavian é, neste momento, um dos mais inovadores hitmakers a actuar em solo britânico. O rapper lançou recentemente ENDORPHINS, o segundo LP, que conta com bangers arrojados como “Bet”, “Lit” ou “My Head”. “Take It Easy” é a mais recente faixa do disco a ser elevada ao estatuto de single e conta com a participação do norte-americano Smokepurpp.


[BROCKHAMPTON] “I Been Born Again”

Um ano após iridescence e apenas alguns meses depois de ARIZONA BABY, discos de BROCKHAMPTON e Kavin Abstract a solo, respectivamente, a boy band do Texas, que passou recentemente pelo Sumol Summer Fest, tem uma importante carta na manga para 2019. “I Been Born Again” é a primeira amostra de GINGER, disco que o supergrupo aponta para chegar brevemente e que até já pode ser reservado na sua loja digital.

Gonçalo Oliveira

Gonçalo Oliveira

Filho bastardo do jazz e da soul que encontrou no hip hop uma nova forma de abordar linguagens musicais perdidas no tempo. Não tem uma música favorita porque Jimi Hendrix e J Dilla nunca trabalharam juntos.
Gonçalo Oliveira