Sexta-feira farta: novos trabalhos de The Weeknd, Zebra Katz, Irreversible Entanglements, DJ Lycox, Odete e TOKiMONSTA

[FOTO] Direitos Reservados

Esperamos que se encontrem a salvo e a cumprir todas as normas de quarentena. Um pouco por todo o globo, os artistas uniram-se ao seu público e foram várias as investidas que nos mantiveram entretidos sem precisarmos de sair de casa — uma delas tem sido acompanhada de perto pelo ReB.

Sexta-feira é sinónimo de mais uma fornada de projectos para manter em rotação nos dias que se avizinham. Entre os destaques, há o talento inegável e a pop corrosiva de The Weeknd, o rap queer distorcido de Zebra Katz ou o jazz com spoken word de protesto de Moor Mother e os seus Irreversible Entanglements. E mais: DJ Lycox, Odete e TOKiMONSTA oferecem-nos as suas respectivas perspectivas no que toca à arte do beatmaking, com Kizas do Ly, Water Bender e Oasis Nocturno a demonstrarem o quão plural é a linguagem da electrónica nos dias que correm.

Quando a “fome” apertar, têm snacks de PEDRO (Da Linha), J Balvin (Colores), Drumming GP, Joana Gama e Luís Fernandes (Textures & Lines), Matthew Tavares + Leland Whitty (Visions), Estee Nack + Superior (BALADAS), Adrian Younge + Ali Shaheed Muhammad (Jazz Is Dead 001), Conjunto Papa Upa (Libre Para Amar) e TrueMendous (HUH?).


[The Weeknd] After Hours

Depois de ter levado um murro de Adam Sandler em Uncut Gems, Abel Tesfaye está de volta aos discos. Outra ronda do sadista-hedonista The Weeknd a pugilar contra sintetizadores colossais? Sim, com um boss adicional: o terror anos 80 do cinema da meia-noite. “Blinding Lights” e “Heartless” não se atrasaram a chegar aos pódios das tabelas; After Hours deve seguir o mesmo curso. Com produção do habitual Illangelo, o matemático da pop Max Martin, Metro Boomin ou ainda Oneohtrix Point Never — sem esquecer um crédito de composição para Kevin Parker e um sample de Elton John.


[Zebra Katz] Less Is Moor

Em 2012, o single de estreia de Zebra Katz sobressaltou a Internet. “Ima Read” provocou um rasgo de criatividade — com remisturas por Azealia Banks, Tricky ou Grimes. Sobretudo, essa persona de Ojay Morgan desbravou terreno para o hip hop de linfa queer nos anos 2010. Contudo, tornou-se discreto, fazendo-se ouvir apenas em escassos EPs e colaborações com Gorillaz. Sete anos após Drklng, Katz volta a ter as atenções para si viradas com este Less Is Moor.


[Irreversible Entanglements] Who Sent You

O embrulho de free jazz resguarda uma “Afrotopia” tão improvisada quanto poética. Who Sent You é o segundo álbum do colectivo que reúne a famigerada Moor Mother, o saxofonista Keir Neuringer, o trompetista Aquiles Navarro, o baixista Luke Stewart e o baterista Tcheser Holmes. A edição vem de Chicago, pela International Anthem.


[DJ Lycox] Kizas do Ly

“Esperem a edição em vinil pintada à mão, quando voltarmos à sanidade”. Quem queira pôr as mãos no novo material de DJ Lycox vai ter de adiar esse contacto. Para já, o EP Kizas do Ly está disponível digitalmente, numa celebração clássica do kizomba — a proximidade corporal fica para outras núpcias.


[Odete] Water Bender

Captou a atenção do Rimas e Batidas com Matrafona, o projecto que editou pela naivety. Amarração, o último projecto, tinha sido lançado em Junho passado no seu próprio Bandcamp, o mesmo “canal” que deixou vir à tona mais duas faixas soltas antes do ano ter terminado. Na sua primeira peça de 2020, a artista multidisciplinar uniu esforços com a londrina New Scenery, que recebeu hoje Water Bender, um trabalho criado a partir de “samples tácteis e imensamente viscerais da sua zona de residência” e que conta com remisturas de BLIED, DRVGジラ, Herlander e Jasper Jarvis.


[TOKiMONSTA] Oasis Nocturno

Jennifer Lee esteve em vias de perder algumas das suas capacidades cognitivas quando, em 2015, foi submetida a um par de intervenções cirúrgicas ao cérebro na tentativa de remediar uma doença rara do foro neuro-vascular. Numa corrida contra ao tempo para recuperar o ímpeto, a DJ e produtora de Los Angeles apresentou-se mais sólida que nunca em Lune Rouge, dois anos depois, alcançando uma nomeação para os GRAMMY. Hoje chega-nos o sucessor desse trabalho de 2017: Oasis Nocturno compila 12 faixas e tem Dumbfoundead, EARTHGANG, Bibi Bourelly ou Jean Deaux enquanto convidados.

ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team