TNT e AMAURA vão actuar juntos no Musicbox: “O concerto vai ser o resultado de um trabalho que tem sido feito no último ano”

[FOTO] Direitos Reservados

TNT e AMAURA vão dividir o palco do Musicbox no dia 6 de Julho. Forever Young e Em Contraste serão os projectos em destaque no evento.

Daniel Freitas faz parte da segunda vaga de discípulos que o hip hop viu nascer na Margem Sul, sucessor de uma linhagem que deu Black Company, General D ou Sanryse ao rap português. Depois de dividir o microfone com Kulpado na dupla M.A.C., TNT fundou a Mano a Mano e apresentou-se a solo em Unhas & Dentes, disco editado em 2014. MDO foi o álbum que mostrou três anos depois, um trabalho marcado por uma ligeira transição para uma nova sonoridade, agora completamente assumida e limada em Forever Young, o EP que lançou em Março.

Maura Magarinhos é a mais recente protegida de TNT na sua MaM. A cantora começou por chamar a atenção em discos como OPROCESSO, MDO ou Mechelas. “Blues do Tinto” foi o tema de estreia a solo de AMAURA, que entretanto já publicou “Coopero” e “Surfista da Banheira”, todos extraídos de Em Contraste, a mixtape de estreia que está a caminho e que será apresentada ao vivo pela primeira vez no Musicbox.



Começaste por apresentar o Forever Young em “casa”. Como correu esse concerto?

A apresentação do EP em Almada correu muito bem. Foi a primeira vez que toquei ao vivo os temas novos. O ambiente de auditório tornou o concerto mais intimista e maior parte do público eram caras conhecidas, o que me deixou mais à vontade tendo em conta que alguns dos temas são bastante pessoais. Toquei com banda e o concerto durou cerca de hora e meia. No final todos gostaram e a missão foi cumprida. Logo na semana seguinte fui tocar na Semana Académica de Leiria num formato e para um público completamente diferente. Correu igualmente bem! Acho que estou a ficar “todo-o-terreno” [risos].

O EP saiu em Março. Que feedback tens tido da parte daqueles que te têm acompanhado?

Este é o meu melhor trabalho. Estou em forma e com uma sonoridade cada vez mais “minha”. Este é o feedback que me tem chegado. Eu sinto isso, não me surpreende que os outros também o sintam. Mas o facto de o dizerem, de enviarem mensagens ou de me abordarem em concertos ou na rua, é para mim algo que não esperava. Eu jogo numa liga muito própria, com uma estrutura verdadeiramente independente, sem grandes números. Não chego aos ouvintes através das visualizações nem tenho uma máquina de promoção a trabalhar para mim, logo cada ouvinte e cada fã são únicos e preciosos. Oiço e leio com atenção tudo o que me dizem e tento corresponder com música e visuais cada vez melhores.

Agora apresentas-te bem no coração da capital. O que podemos esperar da tua noite com a AMAURA no Musicbox?

O concerto vai ser o resultado de um trabalho que tem sido feito no último ano, primeiro no meu EP e agora na mixtape da AMAURA. Ela participou em várias faixas do Forever Young e eu estou envolvido na mixtape, logo faz todo o sentido uma apresentação conjunta. Já temos alguma rodagem de palco juntos, já fizemos festivais e concertos pequenos, e agora vamos novamente ao Musicbox para mostrar músicas novas. Quem não conhece o trabalho da AMAURA vai curtir, quem não conhece o meu ou ainda não ouviu as músicas novas, também! Por isso não faltem!

Sendo que esta será a primeira apresentação da mixtape Em Contraste, podemos assumir que a mixtape da AMAURA está prestes a sair? Em que ponto se encontra?

O formato mixtape permite trabalhar de uma forma mais descomprometida, talvez por isso não esteja ainda anunciada a data de saída. Os temas estão praticamente gravados e misturados, os visuais estão a ser feitos, quem sabe se sairá até ao concerto. Há uma vontade enorme de fazer acontecer, mas ao ritmo certo, sem pressões. Oiçam as músicas da AMAURA e percebem logo a onda [risos].


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team