Vox conta a história da MPC e homenageia J Dilla


 [FOTO] Direitos Reservados

A série Earworm da revista Vox acaba de apresentar um novo episódio, desta vez dedicado à história da famosa MPC, o sampler da Akai que é parte crucial da história tecnológica do hip hop ao lado de outros importantes artefactos como o gira-discos Technics 1200, por exemplo.

Com a MPC 3000 de J Dilla hoje exposta como um histórico artefacto no Museu Nacional de História e Cultura Afro-Americanas, em Washington, nos Estados Unidos, a linha MPC da Akai é assim reconhecida como uma importante ferramenta na construção de uma particular cultura e de uma muito específica identidade no universo da música dos últimos 30 anos.

Esta linha gerou modelos famosos como a MPC 60II (usada, por exemplo, por DJ Shadow na construção de Endtroducing), a MPC 3000 (a favorita de Dr. Dre), a MPC 2000XL (a ferramenta que Sam The Kid usou em Beats Vol. 1 – Amor ou Pratica(mente)) ou modelos mais recentes como a MPC Renaissance, usados por uma nova geração de produtores, um pouco por todo o mundo.

 


O que é um produtor de hip hop?


Neste novo vídeo que usufrui da qualidade a que a Vox já nos habituou na série Earworm – que tem episódios dedicados aos Radiohead, à ideia de repetição na música ou, como demos por aqui conta, ao típico flow que se associa aos Migos -, surge Brian “Raydar” Ellis, produtor e MC que dirige o J Dilla Ensemble na famosíssima Berklee School of Music. É a Ellis que cabe boa parte da explicação da relação do malogrado produtor de Detroit com a mítica MPC 3000. Vídeo imperdível, portanto.

Abaixo, um vídeo da Berklee School of Music sobre o J Dilla Ensemble: o espírito de um dos mais celebrados produtores de sempre inspira um colectivo de músicos numa das mais prestigiadas instituições norte-americanas de ensino de música e também encontrou um lugar numa das vitrines carregadas de história de um museu que celebra a cultura afro-americana nos Estados Unidos. É obra.

 



Finalmente: em 2004, a editora Loop:Recordings, então pertença de Rui Miguel Abreu, o director do Rimas e batidas, e de D-Mars, o MC e produtor dos Micro, editou a compilação de instrumentais Beat Generation que reunia instrumentais criados por Iman Iran, Sam The Kid, D-Mars, Sagas, Fuse ou Melo D para vários dos lançamentos da editora. Nesse disco – uma verdadeira homenagem à MPC da Akai, encontrava-se o seguinte texto:

“Os Loop:Agents são todos os produtores que até hoje colaboraram com a Loop. Agentes de uma mudança de mentalidades, processos e intenções. Pequenos cientistas interessados em trabalhar o som, inserindo o seu trabalho num fluxo de décadas que, a partir dos Estados Unidos, rapidamente se tornou numa realidade global.

E como as batidas podem ter uma vida para lá das rimas, ficam aqui os testemunhos musicais de uma realidade que é multi-facetada, que tem uma componente poética, mas que se apoia, e muito, numa necessidade de inventividade em termos musicais.

A compilação Beat Generation acaba igualmente por ser uma homenagem indirecta à MPC, que está para o Hip Hop como a Fender ou a Gibson estiveram para o rock.

A série MPC da Akai – com modelos que vão das clássicas MPC 60, MPC 60 II, MPC 3000 até às mais recentes MPC 2000, MPC 2000XL, MPC 4000 e MPC 1000 – constituiu uma verdadeira revolução no universo do Hip Hop e não só. Estas máquinas traduzem sonhos e transformam samples em batidas orgânicas, capazes de sustentar o flow de um MC ou de ilustrarem, sem palavras, pequenos filmes interiores que os produtores realizam dentro das suas cabeças.

Os beats apresentados neste álbum foram originalmente pensados para encaixar o poder de palavras cortantes de MC’s. Mas possuem uma vida própria, feita de mil excertos do passado, capazes de assim mesmo desafiarem o futuro. Por isso mesmo, LOOP:AGENTS é um disco que testemunha o poder inventivo do produtor, quando cria, agarrado à sua MPC, mais um veículo de uma possível revolução. Como se fossem super-heróis, com poderes sobre-humanos escondidos em cada Pad das suas MPCs.”

 


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team