Lhast sobre a colaboração com 11 LIT3S: “Sabíamos onde queríamos levar a música”

[TEXTO] Alexandre Ribeiro [FOTO] Direitos Reservados

“Over” é o novo single de Lhast com 11 LIT3S. Bernardo Cruz (teclas), Henrique Carvalhal (guitarra) e Bernardo D’Addario (baixo), colaboradores habituais de Rafael Alves, ajudaram na parte instrumental e Duarte Figueira, Wale Raji e Dennis Trochez contribuíram para a letra da faixa que marca a primeira colaboração entre dois artistas portugueses que estão a dar cartas dentro e fora do país.

“Conheci o 11 pela primeira vez em Nova Iorque. Fui para lá um mês e pouco com o Made In Lx com o intuito de visitar e ‘linkar’ com artistas. O Bruno Mota tinha-me falado do 11, que estava lá a viver na altura, e acabou por nos ‘linkar’. Na altura ainda fizemos umas vibes mas nada sério”, contou o produtor anteriormente conhecido como Last Hope.

Tiago Carvalho, “o artista de Viseu que já partilhou o estúdio com J. Cole e Kendrick Lamar“, falou-nos sobre o processo inicial: “Eu estava em Los Angeles com a minha equipa a escrever para o álbum, o Lhast tinha aterrado e foi lá a casa. Acho que me tocou uma ideia inicial do beat que ele já tinha feito e a melodia saiu logo. Gosto sempre de trabalhar com o Lhast, nós temos gostos iguais e ele sabe sempre criar música que dá o espaço e a onda perfeita para eu fazer a minha cena.”

Num encontro de produtores, Lhast assumiu a batuta da produção para 11 LIT3S concentrar-se na parte vocal. “Falamos a mesma língua quando se trata de produção por isso torna tudo muito fácil, especialmente para comunicar, mas nesta colaboração o Lhast trabalhou tudo na produção. Eu tento afastar-me do lado da música, dando apenas input para focar-me somente na parte vocal. Confio plenamente no Lhast como produtor, ele tomou esse roll de produtor e eu de artista neste som”. Rafael acrescentou: “É sempre fácil trabalhar com um produtor e ainda por cima com um produtor com o talento e qualidade do 11. O processo foi bastante fluído porque ambos sabíamos onde queríamos levar a música. No entanto, não penso que seja sempre mais fácil e já tive todo o tipo de situações. Acho que depende mais da química e entendimento entre os envolvidos.”

Segundo o autor de “Por Pouco“, o trabalho como dupla não vai ficar por aqui: “Eu e o 11 vamos continuar a colaborar. Neste momento temos esta track mas temos também vontade de fazer mais.”

Apesar de ser um nome de primeira linha em Portugal, Lhast está ainda a tentar furar no hiper-saturado mercado norte-americano. O produtor faz o balanço da aventura: “Está a correr bem. Sempre tive o objectivo de trabalhar neste mercado, não é a primeira vez que aqui passo uma temporada. Agora estou cá durante tempo indefinido e esperemos que as novidades comecem a sair já em 2019.”

No entanto, o trabalho em território nacional não abranda: é o produtor de serviço no disco de ProfJam que sai no próximo ano. “Água de Coco” é a primeira amostra desse projecto e já leva seis milhões de visualizações no YouTube.

Tiago Carvalho está a alinhavar o lançamento de Samsara, o seu álbum de estreia, mas não só: “Eu agora ando a trabalhar arduamente em sons novos com a minha equipa de produtores da Trifecta, a preparar para fazer um move grande para o ano que vem nos Estados Unidos da América.”