Impulso anuncia mais nomes e encerra o cartaz

[TEXTO] Pedro João Santos [FOTO] Direitos Reservados

Na sua segunda edição, o Impulso muda de localização: o festival das Caldas da Rainha vai estar, de 23 a 25 de Maio, no Parque D. Carlos I. Antes disso, abraça a sua última vaga de confirmações, que inclui Conan Osiris, DJ Marfox e Ângela Polícia.

A 13 de Abril, realiza-se em Leiria o primeiro concerto de aquecimento para o evento, com Memória de Peixe, Hangloser, Rakuun e STRAYCAT vs STRANGE.

Já uma semana terá passado desde a final da Eurovisão quando Conan Osiris (ao lado do bailarino João Reis Moreira) pisar o palco do Impulso. Mas é seguro apostar que o resultado pouco interessará: “Telemóveis” e todo o alinhamento de Adoro Bolos facilmente continuarão a alimentar a efusão sem freios que a sua revelação em 2018 espoletou, e que se verificou na passada sexta-feira, no Musicbox.

O desafio que se propõe ao famigerado DJ Marfox é fazer os possíveis para subir a temperatura. Para tal, deverá bastar que recupere o aclamado disco Chapa Quente, com a chancela Príncipe, em que limou o estilo da batida até à perfeição.



E se a tarefa de Marfox é circunscrever o techno ao kuduro, a de Ângela Polícia não é menor. O projecto a solo de Francisco Fernandes, vocalista dos Bed Legs, encaixa versos da disforia urbana numa sonoridade ambiciosa. Essa missão, patente no seu disco de estreia — Pruridades —, segue agora para o antecipado sucessor — Apùtece-me! —, que está aí à porta e já foi apresentado em antemão no gnration.

Os Linda Martini são outra confirmação de destaque, com o seu recente álbum homónimo que lhes mereceu aclamação e salas esgotadas pelo país.

A produtora Au Largo traz dois nomes: DAKOI., nome assíduo nos eventos de Caldas da Rainha, é descrita como residente num contínuo de eletrónica desconstruída e modular; a lake by the moon está também algures nesse espectro, recusando rótulos e caixas.

O cartaz é completado por Nádia Shilling, cantautora de folk fora da caixa e que tem sido alvo da atenção internacional com o LP Above the Trees, e os produtores Manel Morgado e Ricardo Moreira, que unem esforços num DJ set de hip hop, jazz e electrónica, e respondem por MOONJUICE.



Em regime de residência artística, juntando-se a apresentações encabeçadas por Surma ou Filho da Mãe, o Impulso terá Fred Ferreira (baterista de Orelha Negra ou Buraka Som Sistema), o artista multidisciplinar Igor Jesus, João Pimenta e Pedro Geraldes.

O DocLisboa, através de uma parceria com o festival, trará vários documentários galardoados à Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha.

Allen Halloween, Aurora Pinho, Batida (DJ set), Beautify Junkyards, Bruno Pernadas, COLÓNIA CALÚNIA, First Breath After Coma, HHY & the Macumbas, João Pais Filipe, Mazarin, Pedro Mafama, Sensible Soccers, Violeta Azevedo e Violet são outros nomes que compõe o alinhamento do evento.

Há bilhetes diários a 15 euros, enquanto o passe para os três dias custa 40 euros.


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team