pub

Texto: ReB Team
Fotografia: Ronaldo Land

O artista brasileiro refugiou-se na criação musical para fugir a caminhos depressivos.

Assim Tocam os MEUS TAMBORES, um álbum de Marcelo D2 para “ver, ouvir e interagir”

Texto: ReB Team
Fotografia: Ronaldo Land

No passado fim-de-semana, Marcelo D2 disponibilizou o seu mais recente disco, Assim Tocam os MEUS TAMBORES, seguindo uma fórmula (audiovisual) semelhante àquilo que fez em AMAR é para os FORTES, álbum-filme editado em 2018.

Entre Julho e Agosto, durante o período de isolamento social e numa “residência artística na frente de todo mundo“, o rapper carioca criou, via Twitch a partir da sua casa no Rio de Janeiro, esta “obra transmídia” que contém contribuições de Anelis Assumpção, Baco Exu do Blues, BK’, Criolo, Da Lua, Djonga, Don L, Eduardo Santana, Helio Bentes, Ivan Conti, João Parahyba, Jorge du Peixe, Juçara Marçal, Kassin, Kiko Dinucci, Luiza Machado (a mulher do MC e directora-executiva do projecto), Nobru, Ogi, Rodrigo Tavares, Rogê, Russo Passapusso, Sain e Thiago França.

Nave, Kamau, DJ Nuts, Barba Negra, Dr. Drumah, Tropkillaz e o próprio rapper assumem a produção do disco que tem mistura de Mario Caldato Jr. e masterização de Jonathan Maia.


pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos