pub

Texto: ReB Team
Fotografia: André Henriques

AutoSimbiose é o mais recente lançamento da editora.

A PoQ Records quer sair do quarto para um estúdio — e tu podes ajudar

Texto: ReB Team
Fotografia: André Henriques

Keso arrancou anteontem com uma campanha de crowdfunding no PPL. O objectivo? Mudar a sua Paga-lhe o Quarto Records de um “quarto de uma casa de família de um bairro social da cidade do Porto” para um estúdio com as condições necessárias para que a editora possa operar sem constrangimentos.

Fundada a 27 de Novembro de 2011, a label portuense foi criada por Keso com o intuito de carimbar o lançamento do seu segundo álbum, Revólver Entre as Flores. O projecto ficou depois a marinar até 2018, o ano em que o rapper e produtor decidiu apostar noutros intervenientes da cultura hip hop, já com um amplo leque de ferramentas e know how do circuito graças ao impacto de KSX2016, o seu último LP a solo, editado pela Meifumado Fonogramas.



De cara lavada, a PoQ é agora a casa de criativos como Riça, PIBXIS, Space Banana ou, mais recentemente, Trafulha, tendo construído nestes últimos dois anos um catálogo vasto com um agradável número de discos, singles e até documentários, entrevistas ou temas tocados ao vivo.

Para elevar ainda mais a fasquia, agora está na hora de colocar em marcha um novo plano. O “peditório” online, intitulado PoQ Studio Project, pretende dar à editora uma nova casa, munida de condições técnicas e logísticas mais apelativas para os seus artistas. A campanha de crowdfund tem como objectivo angariar 2500 euros até ao dia 12 de Junho, com o dinheiro a ser depois aplicado no aluguer de um escritório/armazém onde seja possível a criação de estúdios para gravação e processamento de áudio, fotografia e produção visual e conteúdos no formato live (entrevistas, palestras, entre outros).

Para os apoiantes, além de assistirem ao crescimento da marca, há também outras recompensas mais palpáveis, divididas em três níveis diferentes: donativos entre os 10 e os 25 euros recebem stickers da PoQ e há CDs da mais recente compilação Sinceramente Porto para quem apoiar a campanha com uma quantia entre os 25 e os 50 euros; as contribuições acima dos 50 euros recebem em casa um pack de CD + t-shirt alusivos à Sinceramente Porto.

Neste momento, e em apenas dois dias, o projecto angariou mais de 1000 euros, que se traduzem em 47% do valor pretendido.


pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos