A edição em azulejo do último álbum de Perigo Público & Sickonce já está disponível

[TEXTO] Pedro João Santos [FOTO] Direitos Reservados

A Porcelana de Perigo Público & Sickonce vai chegar às mãos dos ouvintes. Lançado em Novembro pela editora Kimahera, o segundo álbum da dupla algarvia recebe agora uma edição limitada em azulejo — sem disco, mas com acesso a conteúdo digital. É apresentada a 29 de Fevereiro no Cine-Teatro Louletano, num concerto que convida os Tribruto ou Biex.

Cada cópia é um azulejo de porcelana (15 por 15 centímetros), retirado de um painel desenhado pela artista plástica Inês Barracha. “Cada azulejo comporta-se não só como uma peça de arte, mas também representa o tão vulgar CD”‌, pode ler-se no comunicado. Virá com um código que dá acesso a informação do disco, vídeos, instrumentais, letras e fotografias.

O formato já tinha sido adiantado em conversa com o Rimas e Batidas, a propósito do mais recente álbum a cruzar os versos de Élton Mota (Perigo Público) com a produção de Rafael Correia (Sickonce). “Um fragmento desse painel vai para cada pessoa que o quiser. Para nós, isso tem muito mais valor daqui a uns anos”, comentou Correia, “do que simplesmente ter um disco de música [comprado] há uns anos atrás.”

Do conteúdo bónus, além dos instrumentais, Mota sublinhou ao ReB as versões a capella, como algo que “acontece pouco em Portugal”. “É dar também oportunidade a outros que queiram contar a história deles connosco, desenhar as suas próprias porcelanas”, referiu. “Utilizem da forma que vocês bem entenderem, contem a vossa história connosco.”

A edição limitada de Porcelana está disponível para encomenda no site da Kimahera. Também estará à venda no concerto de 29 de Fevereiro — os outros convidados incluem APC, Elísio Pereira, Filipe Valentim, Fragas, Iniciado, João Frade e Sacik.


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team