pub

Fotografia: Direitos Reservados

Uma semana de novidades audiovisuais nos terrenos do hip hop e electrónica pela mão de Gonçalo Oliveira.

7 Dias, 7 Vídeos

Fotografia: Direitos Reservados

[Thundercat] “Dragonball Durag” Tudo vale para Thundercat obter a atenção que deseja por parte da sua amada. Carros caros, jóias ou até mesmo um lenço na cabeça ao estilo de Gohan, da famosa saga anime Dragon Ball. Apresentado com um vídeo realizado pelo comediante e rapper-nas-horas-vagas Zack Fox, “Dragonball Durag” é a segunda música a ser extraída de It Is What It Is, o próximo longa-duração do instrumentista e produtor afiliado à Brainfeeder.
[Boldy James & The Alchemist] “Surf & Turf” feat. Vince Staples Boldy James não é novo nestas andanças mas a sua carreira tem vindo a ganhar um novo fôlego à boleia da nova escola do street rap norte-americano, que tem a turma da Griselda enquanto principal representante. The Alchemist, que já conhece as capacidades do colega de outras paragens, voltou a apostar no MC de Detroit para um novo álbum colaborativo. The Price of Tea in China tem agora este “Surf & Turf” enquanto novo single, que coloca Boldy James a dar uma aula de wordplay e traz de volta o “velho” Vince Staples para aterrorizar as ruas.
[RMR] “Rascal” Não pediu licença, editou o primeiro tema de sempre e virou o Twitter do avesso com dúvidas, especulações e reacções mistas a surgir mal o videoclipe de “Rascal” aterrou no YouTube. Ainda não temos as respostas todas para o que vos possa vir a passar na cabeça mas já sabemos algo: o homem anónimo, que alega que “Avril Lavigne estava à frente do seu tempo” e que supostamente vive em Los Angeles, tem 22 anos e tem o EP de estreia Drug Dealing Is A Lost Art em mãos, segundo apurou a The Fader. Para já, fica anotada uma nova investida na fusão entre as culturas hip hop e country neste “Rascal”, uma canção que fala sobre como ir do nada ao topo numa escalada económica movida a negócios ilícitos e não poupa no ódio à divisão de narcóticos das forças policiais norte-americanas. “Bitches that broke my heart/ They became hoes that scam”. Como não amar?
[Thundercat] “Dragonball Durag” Tudo vale para Thundercat obter a atenção que deseja por parte da sua amada. Carros caros, jóias ou até mesmo um lenço na cabeça ao estilo de Gohan, da famosa saga anime Dragon Ball. Apresentado com um vídeo realizado pelo comediante e rapper-nas-horas-vagas Zack Fox, “Dragonball Durag” é a segunda música a ser extraída de It Is What It Is, o próximo longa-duração do instrumentista e produtor afiliado à Brainfeeder.
[Boldy James & The Alchemist] “Surf & Turf” feat. Vince Staples Boldy James não é novo nestas andanças mas a sua carreira tem vindo a ganhar um novo fôlego à boleia da nova escola do street rap norte-americano, que tem a turma da Griselda enquanto principal representante. The Alchemist, que já conhece as capacidades do colega de outras paragens, voltou a apostar no MC de Detroit para um novo álbum colaborativo. The Price of Tea in China tem agora este “Surf & Turf” enquanto novo single, que coloca Boldy James a dar uma aula de wordplay e traz de volta o “velho” Vince Staples para aterrorizar as ruas. [Cult Of The Damned] “OFFIE” Já tínhamos saudades. Lee Scott voltou a reunir as tropas dois anos após Part Deux: Brick Pelican Posse Crew Gang Syndicate e o supre-grupo que nasceu da fusão entre os Cult Mountain e os Children of The Damned está de volta com novidades. “OFFIE” faz parte de um duplo single disponibilizado em vinil na loja da Blah Records e coincide com a chegada de uma nova t-shirt do colectivo. Lee Scott, Milkavelli, BeTheGun, Bill Shakes, King Grubb, Sly Moon e Salar representam os Cult of The Damned neste novo tema, que nos deixou de dedos cruzados para que um terceiro LP esteja a ser equacionado.
[RMR] “Rascal” Não pediu licença, editou o primeiro tema de sempre e virou o Twitter do avesso com dúvidas, especulações e reacções mistas a surgir mal o videoclipe de “Rascal” aterrou no YouTube. Ainda não temos as respostas todas para o que vos possa vir a passar na cabeça mas já sabemos algo: o homem anónimo, que alega que “Avril Lavigne estava à frente do seu tempo” e que supostamente vive em Los Angeles, tem 22 anos e tem o EP de estreia Drug Dealing Is A Lost Art em mãos, segundo apurou a The Fader. Para já, fica anotada uma nova investida na fusão entre as culturas hip hop e country neste “Rascal”, uma canção que fala sobre como ir do nada ao topo numa escalada económica movida a negócios ilícitos e não poupa no ódio à divisão de narcóticos das forças policiais norte-americanas. “Bitches that broke my heart/ They became hoes that scam”. Como não amar?
[Thundercat] “Dragonball Durag” Tudo vale para Thundercat obter a atenção que deseja por parte da sua amada. Carros caros, jóias ou até mesmo um lenço na cabeça ao estilo de Gohan, da famosa saga anime Dragon Ball. Apresentado com um vídeo realizado pelo comediante e rapper-nas-horas-vagas Zack Fox, “Dragonball Durag” é a segunda música a ser extraída de It Is What It Is, o próximo longa-duração do instrumentista e produtor afiliado à Brainfeeder.
[Boldy James & The Alchemist] “Surf & Turf” feat. Vince Staples Boldy James não é novo nestas andanças mas a sua carreira tem vindo a ganhar um novo fôlego à boleia da nova escola do street rap norte-americano, que tem a turma da Griselda enquanto principal representante. The Alchemist, que já conhece as capacidades do colega de outras paragens, voltou a apostar no MC de Detroit para um novo álbum colaborativo. The Price of Tea in China tem agora este “Surf & Turf” enquanto novo single, que coloca Boldy James a dar uma aula de wordplay e traz de volta o “velho” Vince Staples para aterrorizar as ruas.
[Aminé] “Shimmy” Aminé recupera o eterno clássico de Ol’ Dirty Bastard para o seu mais recente single. “Shimmy” é uma proposta séria para o mais entendidos de rap, uma homenagem à cidade de Portland que o viu crescer e um novo passo rumo ao seu terceiro longa-duração, que começou a ser antecipado ainda no ano passado com “Places + Faces”. O hitmaker Boi-1da junta-se a OZ, Pasqué, Maneesh e Vinylz nos créditos do instrumental que foi “morto” pelo homem que em 2017 integrou a turma da XXL Freshman e tem vindo a colaborar com Rejjie Snow ou Injury Reserve.
[FRANKIEONTHEGUITAR] “Tempo” feat. T-Rex, Lon3r Johny e Bispo Pouco depois de ter dado entrada no radar da nossa revista digital, em 2017, Frankie Baptista traçou várias ligações com alguns dos nomes de maior peso no circuito hip hop em Portugal. Já acompanhou Bispo em palco, colaborou com gente como Jimmy P, Ivandro ou até Trippie Redd e até teve Gson como convidado em “Good Vibes”, a primeira amostra do que será o seu trabalho de estreia. Passados quase três anos, agora mais amadurecido e certo daquilo que quer apresentar ao seu público, o músico e produtor portuense regressou à promoção do seu primeiro projecto: “Tempo” tem as participações de T-Rex, Lon3r Johny e Bispo, três nomes com registos distintos mas parte de uma mesma geração, que casam na perfeição em cima da batida de FRANKIEONTHEGUITAR.
[Cult Of The Damned] “OFFIE” Já tínhamos saudades. Lee Scott voltou a reunir as tropas dois anos após Part Deux: Brick Pelican Posse Crew Gang Syndicate e o supre-grupo que nasceu da fusão entre os Cult Mountain e os Children of The Damned está de volta com novidades. “OFFIE” faz parte de um duplo single disponibilizado em vinil na loja da Blah Records e coincide com a chegada de uma nova t-shirt do colectivo. Lee Scott, Milkavelli, BeTheGun, Bill Shakes, King Grubb, Sly Moon e Salar representam os Cult of The Damned neste novo tema, que nos deixou de dedos cruzados para que um terceiro LP esteja a ser equacionado.
[RMR] “Rascal” Não pediu licença, editou o primeiro tema de sempre e virou o Twitter do avesso com dúvidas, especulações e reacções mistas a surgir mal o videoclipe de “Rascal” aterrou no YouTube. Ainda não temos as respostas todas para o que vos possa vir a passar na cabeça mas já sabemos algo: o homem anónimo, que alega que “Avril Lavigne estava à frente do seu tempo” e que supostamente vive em Los Angeles, tem 22 anos e tem o EP de estreia Drug Dealing Is A Lost Art em mãos, segundo apurou a The Fader. Para já, fica anotada uma nova investida na fusão entre as culturas hip hop e country neste “Rascal”, uma canção que fala sobre como ir do nada ao topo numa escalada económica movida a negócios ilícitos e não poupa no ódio à divisão de narcóticos das forças policiais norte-americanas. “Bitches that broke my heart/ They became hoes that scam”. Como não amar?
[Thundercat] “Dragonball Durag” Tudo vale para Thundercat obter a atenção que deseja por parte da sua amada. Carros caros, jóias ou até mesmo um lenço na cabeça ao estilo de Gohan, da famosa saga anime Dragon Ball. Apresentado com um vídeo realizado pelo comediante e rapper-nas-horas-vagas Zack Fox, “Dragonball Durag” é a segunda música a ser extraída de It Is What It Is, o próximo longa-duração do instrumentista e produtor afiliado à Brainfeeder.
[Boldy James & The Alchemist] “Surf & Turf” feat. Vince Staples Boldy James não é novo nestas andanças mas a sua carreira tem vindo a ganhar um novo fôlego à boleia da nova escola do street rap norte-americano, que tem a turma da Griselda enquanto principal representante. The Alchemist, que já conhece as capacidades do colega de outras paragens, voltou a apostar no MC de Detroit para um novo álbum colaborativo. The Price of Tea in China tem agora este “Surf & Turf” enquanto novo single, que coloca Boldy James a dar uma aula de wordplay e traz de volta o “velho” Vince Staples para aterrorizar as ruas.
[Drillminister] “Nouveau Riche” Novo conteúdo de luxo com produção da YouTube Originals. Terms & Conditions: A UK Drill Story faz um apanhado da nova cena drill britânica, que tem vindo a causar um forte impacto na cultura musical urbana, influenciando ainda muitas das super-estrelas que assistem ao fenómeno de fora, como Travis Scott ou Drake. O misterioso Drillminister é o autor de “Nouveau Riche”, um dos temas originais contidos do documentário, que aterrou na plataforma de streaming algumas semanas após o rapper londrino se ter assumido como candidato a mayor da sua cidade.
[Aminé] “Shimmy” Aminé recupera o eterno clássico de Ol’ Dirty Bastard para o seu mais recente single. “Shimmy” é uma proposta séria para o mais entendidos de rap, uma homenagem à cidade de Portland que o viu crescer e um novo passo rumo ao seu terceiro longa-duração, que começou a ser antecipado ainda no ano passado com “Places + Faces”. O hitmaker Boi-1da junta-se a OZ, Pasqué, Maneesh e Vinylz nos créditos do instrumental que foi “morto” pelo homem que em 2017 integrou a turma da XXL Freshman e tem vindo a colaborar com Rejjie Snow ou Injury Reserve.
[FRANKIEONTHEGUITAR] “Tempo” feat. T-Rex, Lon3r Johny e Bispo Pouco depois de ter dado entrada no radar da nossa revista digital, em 2017, Frankie Baptista traçou várias ligações com alguns dos nomes de maior peso no circuito hip hop em Portugal. Já acompanhou Bispo em palco, colaborou com gente como Jimmy P, Ivandro ou até Trippie Redd e até teve Gson como convidado em “Good Vibes”, a primeira amostra do que será o seu trabalho de estreia. Passados quase três anos, agora mais amadurecido e certo daquilo que quer apresentar ao seu público, o músico e produtor portuense regressou à promoção do seu primeiro projecto: “Tempo” tem as participações de T-Rex, Lon3r Johny e Bispo, três nomes com registos distintos mas parte de uma mesma geração, que casam na perfeição em cima da batida de FRANKIEONTHEGUITAR.
[Cult Of The Damned] “OFFIE” Já tínhamos saudades. Lee Scott voltou a reunir as tropas dois anos após Part Deux: Brick Pelican Posse Crew Gang Syndicate e o supre-grupo que nasceu da fusão entre os Cult Mountain e os Children of The Damned está de volta com novidades. “OFFIE” faz parte de um duplo single disponibilizado em vinil na loja da Blah Records e coincide com a chegada de uma nova t-shirt do colectivo. Lee Scott, Milkavelli, BeTheGun, Bill Shakes, King Grubb, Sly Moon e Salar representam os Cult of The Damned neste novo tema, que nos deixou de dedos cruzados para que um terceiro LP esteja a ser equacionado.
[RMR] “Rascal” Não pediu licença, editou o primeiro tema de sempre e virou o Twitter do avesso com dúvidas, especulações e reacções mistas a surgir mal o videoclipe de “Rascal” aterrou no YouTube. Ainda não temos as respostas todas para o que vos possa vir a passar na cabeça mas já sabemos algo: o homem anónimo, que alega que “Avril Lavigne estava à frente do seu tempo” e que supostamente vive em Los Angeles, tem 22 anos e tem o EP de estreia Drug Dealing Is A Lost Art em mãos, segundo apurou a The Fader. Para já, fica anotada uma nova investida na fusão entre as culturas hip hop e country neste “Rascal”, uma canção que fala sobre como ir do nada ao topo numa escalada económica movida a negócios ilícitos e não poupa no ódio à divisão de narcóticos das forças policiais norte-americanas. “Bitches that broke my heart/ They became hoes that scam”. Como não amar?
[Thundercat] “Dragonball Durag” Tudo vale para Thundercat obter a atenção que deseja por parte da sua amada. Carros caros, jóias ou até mesmo um lenço na cabeça ao estilo de Gohan, da famosa saga anime Dragon Ball. Apresentado com um vídeo realizado pelo comediante e rapper-nas-horas-vagas Zack Fox, “Dragonball Durag” é a segunda música a ser extraída de It Is What It Is, o próximo longa-duração do instrumentista e produtor afiliado à Brainfeeder.
[Boldy James & The Alchemist] “Surf & Turf” feat. Vince Staples Boldy James não é novo nestas andanças mas a sua carreira tem vindo a ganhar um novo fôlego à boleia da nova escola do street rap norte-americano, que tem a turma da Griselda enquanto principal representante. The Alchemist, que já conhece as capacidades do colega de outras paragens, voltou a apostar no MC de Detroit para um novo álbum colaborativo. The Price of Tea in China tem agora este “Surf & Turf” enquanto novo single, que coloca Boldy James a dar uma aula de wordplay e traz de volta o “velho” Vince Staples para aterrorizar as ruas.Era digital, informação à velocidade da luz. Vídeos e músicas a soçobrar pelas plataformas virtuais. Novidades emaranhadas entre si, confusão sónica, sentidos desorientados. Quem nos guia? Por onde vamos? Para onde vamos? 7 Dias, 7 Vídeos é o resgate audiovisual semanal nos terrenos do hip hop e electrónica. Filtragem de qualidade, barreira contra a poeira que nos cega com tanto de novo, com tanto para espreitar e escutar.
[Drillminister] “Nouveau Riche” Novo conteúdo de luxo com produção da YouTube Originals. Terms & Conditions: A UK Drill Story faz um apanhado da nova cena drill britânica, que tem vindo a causar um forte impacto na cultura musical urbana, influenciando ainda muitas das super-estrelas que assistem ao fenómeno de fora, como Travis Scott ou Drake. O misterioso Drillminister é o autor de “Nouveau Riche”, um dos temas originais contidos do documentário, que aterrou na plataforma de streaming algumas semanas após o rapper londrino se ter assumido como candidato a mayor da sua cidade.
[Aminé] “Shimmy” Aminé recupera o eterno clássico de Ol’ Dirty Bastard para o seu mais recente single. “Shimmy” é uma proposta séria para o mais entendidos de rap, uma homenagem à cidade de Portland que o viu crescer e um novo passo rumo ao seu terceiro longa-duração, que começou a ser antecipado ainda no ano passado com “Places + Faces”. O hitmaker Boi-1da junta-se a OZ, Pasqué, Maneesh e Vinylz nos créditos do instrumental que foi “morto” pelo homem que em 2017 integrou a turma da XXL Freshman e tem vindo a colaborar com Rejjie Snow ou Injury Reserve.
[FRANKIEONTHEGUITAR] “Tempo” feat. T-Rex, Lon3r Johny e Bispo Pouco depois de ter dado entrada no radar da nossa revista digital, em 2017, Frankie Baptista traçou várias ligações com alguns dos nomes de maior peso no circuito hip hop em Portugal. Já acompanhou Bispo em palco, colaborou com gente como Jimmy P, Ivandro ou até Trippie Redd e até teve Gson como convidado em “Good Vibes”, a primeira amostra do que será o seu trabalho de estreia. Passados quase três anos, agora mais amadurecido e certo daquilo que quer apresentar ao seu público, o músico e produtor portuense regressou à promoção do seu primeiro projecto: “Tempo” tem as participações de T-Rex, Lon3r Johny e Bispo, três nomes com registos distintos mas parte de uma mesma geração, que casam na perfeição em cima da batida de FRANKIEONTHEGUITAR.
[Cult Of The Damned] “OFFIE” Já tínhamos saudades. Lee Scott voltou a reunir as tropas dois anos após Part Deux: Brick Pelican Posse Crew Gang Syndicate e o supre-grupo que nasceu da fusão entre os Cult Mountain e os Children of The Damned está de volta com novidades. “OFFIE” faz parte de um duplo single disponibilizado em vinil na loja da Blah Records e coincide com a chegada de uma nova t-shirt do colectivo. Lee Scott, Milkavelli, BeTheGun, Bill Shakes, King Grubb, Sly Moon e Salar representam os Cult of The Damned neste novo tema, que nos deixou de dedos cruzados para que um terceiro LP esteja a ser equacionado.
[RMR] “Rascal” Não pediu licença, editou o primeiro tema de sempre e virou o Twitter do avesso com dúvidas, especulações e reacções mistas a surgir mal o videoclipe de “Rascal” aterrou no YouTube. Ainda não temos as respostas todas para o que vos possa vir a passar na cabeça mas já sabemos algo: o homem anónimo, que alega que “Avril Lavigne estava à frente do seu tempo” e que supostamente vive em Los Angeles, tem 22 anos e tem o EP de estreia Drug Dealing Is A Lost Art em mãos, segundo apurou a The Fader. Para já, fica anotada uma nova investida na fusão entre as culturas hip hop e country neste “Rascal”, uma canção que fala sobre como ir do nada ao topo numa escalada económica movida a negócios ilícitos e não poupa no ódio à divisão de narcóticos das forças policiais norte-americanas. “Bitches that broke my heart/ They became hoes that scam”. Como não amar?
[Thundercat] “Dragonball Durag” Tudo vale para Thundercat obter a atenção que deseja por parte da sua amada. Carros caros, jóias ou até mesmo um lenço na cabeça ao estilo de Gohan, da famosa saga anime Dragon Ball. Apresentado com um vídeo realizado pelo comediante e rapper-nas-horas-vagas Zack Fox, “Dragonball Durag” é a segunda música a ser extraída de It Is What It Is, o próximo longa-duração do instrumentista e produtor afiliado à Brainfeeder.
[Boldy James & The Alchemist] “Surf & Turf” feat. Vince Staples Boldy James não é novo nestas andanças mas a sua carreira tem vindo a ganhar um novo fôlego à boleia da nova escola do street rap norte-americano, que tem a turma da Griselda enquanto principal representante. The Alchemist, que já conhece as capacidades do colega de outras paragens, voltou a apostar no MC de Detroit para um novo álbum colaborativo. The Price of Tea in China tem agora este “Surf & Turf” enquanto novo single, que coloca Boldy James a dar uma aula de wordplay e traz de volta o “velho” Vince Staples para aterrorizar as ruas.

pub

Últimos da categoria: 7 Dias, 7 Vídeos

RBTV

Últimos artigos