Russell Haswell, Matana Roberts, Vladislav Delay e Golden Teacher no Out.Fest

Vem aí mais uma edição do Out.Fest – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro. Nesta 12ª edição do evento que, de 8 a 11 de Outubro, vai celebrar-se “a música experimental em todas as suas vertentes estéticas (música improvisada, electrónica, jazz, música clássica contemporânea, novas linguagens) ”. A organização revelou que este ano vai contar com três novos espaços onde vão decorrer as actuações: o Museu Industrial da Baía do Tejo, a ADAO – Associação Desenvolvimento Artes e Ofícios e a Escola Conde de Ferreira – Centro de Produção e Participação Artística.

No primeiro dia, 8 de Outubro, o Be Jazz Café/Escola de Jazz do Barreiro vai acolher os concertos de Akira Sakata & Giovanni Di Domenico; da norte-americana Matana Roberts; e do trio formado por Miguel Mira, Pedro Sousa & Afonso Simões.

No dia 9, toca no Museu Industrial da Baía do Tejo, o finlandês Vladislav Delay, também ele próximo do espaço da electrónica sem barreiras. É de esperar também o concerto especial do veteraníssimo grupo inglês AMM, numa especial celebração de cinco décadas de música; Davida Maranha, Helena Espvall, Ricardo Jacinto & Norberto Lobo.



O dia 10, sábado, será o ponto alto do festival. É nesse dia que haverá mais actuações, na ADAO – Associação Desenvolvimento Artes e Ofícios. Do vasto elenco desta noite no Out.Fest salientamos o concerto dos Golden Teacher, descritos aqui no Rimas e Batidas por Isilda Sanches como “mestres do freakout hipnótico em contexto rave tribalista” – a propósito do último trabalho Sauchiehall Enthrall. Mas nesse dia actuam ainda Russell Haswell, Peter Brötzmann & Jason Adasiewicz, Black Zone Myth Chant, ZS, Low Jack e o contingente português formado por Gala Drop, Caveira, Niagara, Filipe Felizardo, Älforjs, Bleiddwn, Cotrim, Rabu Mazda & Van Ayres.


 


O domingo, dia de encerramento desta segunda edição dou Out.Fest, será dedicado exclusivamente a Laraaji. O norte-americano Edward Gordon leva ao Yoga Spot Barreiro o seu projecto The Peace Garden que une o seu experimentalismo musical com o yoga numa sessão de deep listening por parte de um dos pioneiros da música electrónica de ambiente. O evento, às 11h, é “aberto a todo o tipo de participantes, não sendo necessária experiência prévia ou frequente em yoga. Aconselhável trazer tapete de yoga, água para beber e roupa confortável”, esclarece a organização. Depois, às 18h, na Escola Conde Ferreira, acontece um concerto mais focado no seu trabalho da electrónica experimental. Laraaji, que editou recentemente pela Stones Throw a colectânea All in One Peace, vem acompanhado do instrumento que criou: uma zither personalizada que processa com efeitos electrónicos que têm origem no seu interesse e estudo de culturas místicas orientais.

 

ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team