Novo longa-duração de Floating Points sai em Outubro pela Ninja Tune

[FOTO] Dan Medhurst

Floating Points vai estrear-se pela Ninja Tune em Outubro. Crush, o seu primeiro álbum em quatro anos, sai no dia 18 e foi antecipado pelos singles “LesAlpx” e “Last Bloom”.

Apesar da formação mais clássica, o foco de Sam Shepherd virou-se para a electrónica quando se deu a conhecer ao mundo através do nome Floating Points no final da década passada. Além da produção, o britânico exerce outras funções: DJ, radialista, curador na sua Eglo Records — pela qual editou a maior parte da sua discografia — e líder de uma banda de 16 elementos, a Floating Points Ensemble.



Foi precisamente o trabalho desempenhado para o projecto colectivo que lhe valeu uma aproximação à elitista Ninja Tune, que em 2010 carimbou o duplo single Post Suite / Almost In Profile. Com Crush, o segundo trabalho de originais, Shepherd vai agora juntar-se ao catálogo da editora londrina com uma obra em nome próprio.

Depois de ter levado cinco anos a construir Elaenia, o seu primeiro longa-duração, o seu sucessor levou apenas cinco semanas a ser moldado, inspirado pela vertente de improvisação que teve treinar quando, em 2017, partiu em digressão com os The xx. Naquele que se pode definir como um registo pós-garage, influenciado pela cultura bass do Reino Unido, Floating Points vai apresentar-se num modo “mais obtuso e agressivo”, ideal para ser escutado num “volume muito alto”, conforme explica o press release de Crush.



[ALINHAMENTO]

1. Falaise
2. Last Bloom
3. Anasickmodular
4. Requiem for CS70 and Strings
5. Karakul
6. LesAlpx
7. Bias
8. Environments
9. Birth
10. Sea-Watch
11. Apoptose Pt1
12. Apoptose Pt2

[CAPA]

ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team