pub

“Klutz”: O malabarismo verbal de Aesop Rock

[TEXTO] Gonçalo Oliveira [FOTO] Direitos Reservados

Aesop Rock disse “olá” a 2018 com um novo tema solto. “Klutz” chegou no final da semana passada ao canal da Rhymesayers Entertainment num vídeo realizado por Rob Shaw. A canção também está disponível para venda num 7”.

Não têm sido muitas as ocasiões para ouvir o rapper de Long Island, Nova Iorque, a solo desde o lançamento do seu último álbum — The Impossible Kid foi editado em 2016. No ano passado, Aesop Rock brindou-nos com um apetitoso “Hot Dog” no início de Novembro. Antes disso, a Rhymesayers fez-nos chegar Triple Fat Lice, o terceiro de uma jornada de EPs feitos a meias com Homeboy Sandman, que arrancou em 2015. Ainda num outro capítulo, Aesop Rock assinou a sua primeira banda sonora, Bushwick Soundtrack, em que exibiu apenas a sua veia de produtor.

O Natal é quando um liricista quiser: “Klutz” é um single que não serve de “propaganda” para um novo projecto mas que não deixa de ser um presente abençoado, não fosse Aesop um dos acrobatas verbais mais vistosos com o microfone na mão. Barra atrás de barra e sem o socorro de uma bengala — ou refrão, como quiserem — Aesop Rock saca com perícia das rimas que acumulou na algibeira. Dos LEDs do micro-ondas às roupas antigas que guarda e das quais se envergonha, tudo vale para “ginasticar” um pouco mais com a caneta e demonstrar o porquê de fazer parte de uma das mais gerações mais provida de talento que o hip hop viu nascer.

 


pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos