Harold sobre “Deus Queira”: “É a continuação de um ciclo”

[FOTO] Filipe Feio

“Deus Queira” é o novo single de Harold com participação de Phedilson, instrumental de Lazuli e co-produção, mistura e masterização de Here’s Johnny. O videoclipe foi gravado entre Portugal (por Luís Pinhão) e Angola (por Don Produções).

Depois de lançar o seu segundo álbum (o primeiro pela Universal Music Portugal) em Outubro do ano passado, o membro dos GROGNation regressa com “fome” e convida outro jovem e feroz MC para se sentar à mesa com ele. O resultado é uma troca alucinantes de versos que mete em sentido “um mar de haters“.

Em modo flash interview, o ReB colocou quatro perguntas ao rapper de Mem Martins:



Falta pouco para se completarem seis meses desde o lançamento do teu álbum de estreia pela Universal. Qual é o balanço que fazes?

Foi mais um passo importante na minha carreira e foi interessante mostrar algumas sonoridades a quem me segue e que não esperavam ouvir de mim. O feedback até agora tem sido positivo!

Este single chegou com a dica de que faz parte de “um novo ciclo”. Que ciclo é esse?

É a continuação de um ciclo, como se fosse um novo capítulo.

Cruzas-te pela primeira vez num tema com o Phedilson. Como é que o conheceste e como é que surgiu esta colaboração no estúdio?

Conheci o Phedilson em 2016, quando vi uma cypher na Internet em que ele participou, em Angola. Desde aí comecei a seguir o trabalho dele, apesar de ainda ter pouca coisa fora. Dei-lhe um props pela cypher e desde aí fomos conversando quase todos dias — como continuamos a fazer até hoje – e fomos criando uma amizade. Ele veio para Portugal por uns tempos em 2018, onde gravou algumas faixas no nosso estúdio, tivemos mais vezes juntos, até que ele regressou para Angola. Gravámos umas músicas cá, mas esta em especifico (“Deus Queira”) surgiu quando ele já estava em Angola. O mano é muito pesado e humilde, dá gosto, e só faz sentido trabalhar com gente assim!

Faz sentido falar do que vai acontecer nos próximos tempos, tendo em conta a actual situação do novo coronavírus. Como é que isto irá afectar o teu ano? Já existiam datas marcadas que tiveste de remarcar/cancelar?

Apesar de já ser normalmente caseiro, gosto de sentir a liberdade de poder ir à rua, passear, andar de carro, de comboio, conviver para me inspirar, mas a vida é assim, uma constante adaptação. Sim, tive concertos cancelados principalmente de GROGNation, mas tudo vai ficar bem. Stay safe!


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team