G&J Talent Launch: Denzel Curry trouxe consigo a tempestade da Flórida

[TEXTO] Amorim Abiassi Ferreira [FOTOS] Amorim Abiassi Ferreira e Filipe Penajóia

 

No dia em que Portugal passou para as finais do Euro 2016, o caos instalou-se em Lisboa — e provavelmente por todo o país. Gritos, buzinas e, a juntar-se a tudo isto, uma trovoada. Tempo húmido e um calor marcavam o serão, criando um estado de tempo tropical que lembra a Flórida. Esta era a terceira noite de lançamento da G&J Talent e nela estreava-se Denzel Curry, de Miami, em Portugal. Quando entrei, já em cima da hora, no concerto, o DJ de Denzel estava a aquecer a multidão. Só que, como é óbvio, já todos estavam extáticos e irrequietos, num Musicbox cheio até à porta. Portugal tem a primeira paragem do rapper na Europa e a excitação no ar não poderia ser mais palpável.

“Get those U’s up! ULT, ULT, ULT!” Denzel entrava em palco e com ele trazia a energia suficiente para criar um terramoto no espaço. Apresentando-se com a primeira faixa do projecto Imperial, a audiência não hesitou em retribuir o entusiasmo. No fundo, projecções animadas ao estilo da série Boondocks acompanhavam as músicas. Enquanto o calor se tornava cada vez maior na sala, o rapper revirava os olhos ao som da intro de “Gook” até que subitamente mudou o seu estado e demonstrava, pela segunda vez, o seu flow acelerado em mais um assalto de barras.

Se achava que já tínhamos atingido o pico do concerto, estava claramente enganado: Denzel separou a sala em dois e comandou um moche, onde – ao fim de uma contagem – voaram garrafas de água do palco. Depois disto, cantaram-se acapellas no fim de faixas, foram despidas t-shirts, o público e artista lançaram-se em crowdsurf, e, com todo este caos, um segurança ficou claramente chateado. O concerto terminou ao som de todos a entoar “ULT, ULT, ULT.” Mike El Nite encarregou-se do fecho com um mix de grime e trap para acabar com os sobreviventes que ainda não tinham gasto energia suficiente. Pela altura que saí, o céu ainda trovejava silenciosamente sem sinais de parar.

 


denzel público

Amorim Abiassi Ferreira

Amorim Abiassi Ferreira

Copywriter comprometido com a descoberta e partilha de música. Gosta mais deste propósito do que de café e quem o conhece sabe que isso é uma declaração séria de amor.
Amorim Abiassi Ferreira

Latest posts by Amorim Abiassi Ferreira (see all)