[Estreia] Sam The Kid, Da Weasel, Slow J ou ProfJam na nova compilação de remisturas de xxoy.

A nova colecção de edits de xxoy. junta o passado e o presente do hip hop nacional em 8 remisturas. Depois do primeiro volume ter sido editado aqui, no Rimas e Batidas, Hip Hop Tuga Edits // Vol. 2 chega amanhã ao catálogo da XXIII, mas pode ser ouvido no ReB em pré-escuta.

Novas caras juntam-se a outros nomes bem mais conhecidos do movimento para dar vida a uma nova compilação do produtor. Ao contrário do que aconteceu no primeiro volume, a história também tem um peso relevante e as memórias nacionais juntam-se àqueles que vão delineando o momento actual do hip hop. De “Todagente” a “Mun’Dança” vão 20 anos!

“Ouvir artistas diferentes, de diferentes épocas é um exercício que sempre gostei de fazer. Quer para conhecer as influências de alguém, ver o crescimento de um artista ou até para ter algumas ideias para as minhas produções (a inspiração é sempre bem vinda)”, conta o produtor à nossa redacção, dando ainda ênfase ao espaço temporal que separam os 8 temas originais aqui revisitados: “Em 20 anos de música, muita coisa mudou e muito se pode aprender. Mas, neste caso, estas são algumas faixas e artistas que fazem parte das minhas playlists do dia-a-dia. De tanto as ouvir surgiram algumas ideias para as remisturar e editar.”

Sobre os processos de criação e toda a versatilidade que emprega nesta compilação, xxoy. explica como se dá a metamorfose no seu casulo criativo: “As minhas intenções quando faço estes edits são sempre tentar dar uma vibe diferente às músicas, às músicas que gosto.”

“A ‘Salta Só’ é uma música que por si só já é um banger, mas tentei ver se a conseguia tornar ainda mais clubbing. No caso da ‘Trabalha’ ou da ‘Dedicatória’, a cena foi mais modernizar as músicas e aproximá-las de outros géneros distintos. ‘Trabalha’ mais ao trap pelo uso dos 808s e ‘Dedicatória’ um pouco ao funk brasileiro pelo tamborzão. A ‘Toda a Gente’, dos Da Weasel, já foi por acaso. Ao ouvir algumas faixas de bossa nova e de MPB, encontrei o sample original. Mostrei ao meu amigo Ruben Carrington e fizemos um remix mais na linha do zouk e do tarraxo.”

Uma colecção de temas que agora lhe dão a possibilidade de os tocar para o seu público a meio de um set, de forma a não destoar musicalmente das escolhas que por norma atira para as pistas de dança. “Gosto de me expressar em várias vertentes, penso que ainda não encontrei o ‘meu som’. Mas estes edits foram feitos um pouco a pensar em como soariam num club, e em alturas diferentes. Há faixas que cairiam muito bem numa cena mais lounge e sunset, como há outras que imagino tocá-las às 04h30 e seriam um dos pontos mais altos do meu set.”

 


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team