Conto Interrompido: Mário Belém a solo na Underdogs

[TEXTO] Alexandra Oliveira Matos

Depois de Wasted Rita apresentar As Happy As Sad Can Be, é a vez de Mário Belém preencher as paredes da Underdogs, a partir de dia 30 de Novembro. Conto Interrompido é o nome desta exposição a solo sobre “as falhas de comunicação num mundo onde a informação é soberana mas que peca pelo seu próprio excesso”, explicam no evento de Facebook. As mensagens do artistas, descritas como “confusas, complicadas, contraditórias, ambíguas”, vão materializar-se “em peças de várias dimensões que se encontram a meio caminho entre a pintura e a escultura em madeira”.

Essa torre de babel que é a comunicação já tem sido retratada pelo artista, que, antes de pintar grandes muros e ter um lugar de destaque na cena da arte urbana portuguesa, foi designer gráfico e ilustrador digital. A cor, o relevo, a tridimensionalidade marcam a obra de Mário Belém e, quase sempre, cruzam-se com as palavras. Até na China, onde participou na terceira edição do International Village Art Festival, deixou mensagem escrita junto a uma janela de Xucun. Por isso não é nada estranho que, em Conto Interrompido, o artista nos convide a reflectir sobre comunicar. A inauguração é no dia 30 de Novembro às 19 horas e pode ser vista até ao dia 13 de Janeiro, de terça a sábado entre as 14 e as 20 horas.

 


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team