pub

Fotografia: Marcus Cooper

O festival acontece entre os dias 8 e 11 de Julho.

Charli XCX no NOS Alive 2020

Fotografia: Marcus Cooper

Charli XCX é a mais recente confirmação do NOS Alive. A cantora e compositora inglesa vem ao Passeio Marítimo de Algés a 8 de Julho — dia de Kendrick Lamar e Jorja Smith — apresentar o seu terceiro álbum, Charli.

O pseudónimo de Charlotte Emma Aitchison tem vindo a lume quando se discute o futuro da música pop. Não é desconhecida das tabelas de vendas, como o provam “Boom Clap”‌ ou “I Love It”‌ (colaboração com o duo sueco Icona Pop). Em finais da década de 2010, todavia, mudou de rota: depois de fazer nome na pop alternativa e punk dos álbuns True Romance e Sucker, XCX uniu-se à estrela da electrónica SOPHIE para gravar Vroom Vroom, EP de 2016.

Seguiu-se um par de mixtapes em 2017 que a uniram ao produtor A.K. Cook, dirigente do PC Music, coletivo que cunhou uma abordagem extremada à pop mainstream. Number 1 Angel e especialmente Pop 2 forjaram uma electrónica tão melódica quanto áspera, altamente colaborativa, e concentraram a atenção da crítica; foram móbeis para um trilho ainda a decorrer por festivais e clubes estreitos.



O último disco, Charli, foi o produto da reunião com A.K. Cook e uma série de adiamentos. Big Freedia, Pabllo Vittar, Yaeji ou CupcakKe figuram no elenco de convidados dum longa-duração comprometido com a pop mais obtusa. Fora da obra em nome próprio, XCX tem escrito êxitos pop para outrem.

O NOS Alive garante a estreia aberta de XCX em solo nacional, depois dum concerto privado na comunidade artística Melides Art em Maio de 2019.

Para a edição de 2020, o festival vem ainda equipado com Da Weasel, Anderson .Paak & The Free Nationals, Billie Eilish, Caribou, Tom Misch ou Moses Sumney.


pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos