pub

Publicado a: 18/06/2017

XXL Freshman Class: quem são os 10 caloiros escolhidos para a edição de 2017?

Publicado a: 18/06/2017

[TEXTO] Gonçalo Oliveira [FOTO] XXL

Foram revelados os integrantes da Freshman Class 2017 da XXL. Esta é a 10ª edição da escolha dos 10 melhores caloiros do hip hop curada pela publicação norte-americana. Os MCs são seleccionados com base nas provas já dadas e a revista tenta antecipar aqueles que mais argumentos têm para se sagrarem estrelas no futuro mais ou menos imediato.

Depois de uma intensa votação com a ajuda o público, Aminé, A Boogie Wit Da Hoodie, Playboi Carti, Ugly God, Kyle, PnB Rock, MadeinTYO, Kamaiyah, Kap G e XXXTentacion são os finalistas apurados para a classe deste ano. O Rimas e Batidas foi à procura dos motivos que levaram estes artistas a serem apontados ao futuro pela XXL e traça um pequeno perfil sobre cada um deles para ajudar os nossos leitores na sua descoberta. Conheçam então os 10 caloiros do hip hop que integram a Freshman Class 2017:

 


[AMINÉ]

Nascido e criado em Portland, Aminé cresceu com a ambição de se tornar jogador de basquetebol. Depois de ter sido riscado da equipa do Politécnico de Benson durante anos consecutivos, Adam Daniel deu início a uma carreira musical. Os primeiros passos de fama foram conquistados a partir de várias diss tracks que apontavam às escolas rivais do estabelecimento de ensino que frequentava.

A aventura seguiu-se com a edição de dois projectos: Odyssey to Me e En Vogue, ambos de 2014. Pouco depois estreou-se em cima de uma grande produção. Pediu emprestado “Not At All” a Kaytranada e editou o remix do tema. Algo que certamente deixou o produtor atento que, de seguida, lhe entregou um beat original para o singleLa Danse” e mostrou disponibilidade para fazer parte de Calling Brio, a sua mixtape de 2015.

Desde então que a carreira do rapper tem estado ao rubro, com três temas soltos editados durante o ano passado que somam números interessantes ao nível das visualizações. “Caroline”, a jóia da coroa, foi até apresentada ao vivo no Tonight Show de Jimmy Fallon.

 


[PLAYBOI CARTI]

Um dos nomes mais bem estabelecidos desta lista é sem dúvida o de Jordan Carter. Com apenas 20 anos de idade, o rapper sediado em Atlanta é já um dos mais falados no panorama do hip hop. Embora Young Mi$fit tenha sido editado sob o pseudónimo de $ir Cartier, não demorou muito até à transição para Playboi Carti.

A forte paixão por marcas de roupa levou-o a ser convidado para actuar em vários eventos de moda, onde acabou por conhecer A$AP Rocky, que rapidamente o catapultou para as luzes da ribalta através da sua A$AP Mob. Carti participa em dois temas de Cozy Tapes Vol.1: Friends, um deles é o poderoso “Telephone Calls” ao lado de Rocky e Tyler, The Creator.

Este foi o ano da sua mixtape de estreia. Playboi Carti conta com colaborações de Lil Uzi Vert e A$AP Rocky, e foi editado numa parceria com a Interscope. “Magnolia” é o tema mais sonante do seu alinhamento. Gucci Mane, Rich the Kid ou Travis Scott são alguns dos artistas que têm pedido a ajuda de Carti em colaborações.

 


[XXXTENTACION]

São já dezenas de faixas que o rapper da Florida alberga na sua página no SoundCloud. Estreou-se em 2014 com o tema “Vice City” e não parou desde então. Ski Mask the Slump God é o amigo que frequentemente vemos associado à sua música, e foi com ele que XXXTentacion editou os primeiros projectos: Members Only Vol.1 e Members Only Vol.2, ambos em 2015.

O ano seguinte trouxe Willy Wonka Was a Child Murderer, o seu primeiro EP em que começámos a notar o traço da sua criatividade bastante vincado nas influências do heavy metal e do rock alternativo. Foi também em 2016 que ouvimos “Look At Me” pela primeira vez, que viria a ser reeditado em 2017, um dos temas mais virais dos últimos tempos.

Os problemas com a lei colocaram o seu inicio de carreira em cheque, uma situação que, para já, parece controlada. O seu regresso da prisão fê-lo apostar tudo na música, agora com um plano melhor delineado. Revenge foi o seu primeiro projecto comercial e levou-o a outras plataformas de distribuição fora do YouTube ou SoundCloud. Agora prepara 2 álbuns de estreia, ambos agendados para este ano: Bad Vibes e 17.

 


[A BOOGIE WIT DA HOODIE]

Com apenas 1 ano de carreira, Artist J. Dubose é um caso sério no hip hop. Editou Artist no ano passado, uma aclamada mixtape que colocou o seu nome a circular pelas diversas publicações dedicadas à musica urbana. Uniu-se depois a Don Q para, no mesmo ano, lançar mais uma mixtape, Highbridge the Label: The Takeover Vol.1.

Os seus primeiros grandes passos levaram-no a abrir vários espectáculos da Summer Sixteen Tour de Drake e Future, bem como a ingressar na Atlantic Records, que rapidamente lhe apresentou um contrato de trabalho.

TBA foi a sua última edição, um EP lançado na recta final do ano passado. Agora é altura de se focar no trabalho de estúdio, já que prepara uma mixtape a meias com Zaytonven. ARToven tem a sua edição agendada para 4 de Agosto. Este ano, já somou parcerias com Kodak Black e PnB Rock. Os três artistas juntaram-se ainda para a concepção de “Horses”, tema que fez parte do filme The Fate of The Furious.

 


[PNB ROCK]

Rakim Allen tem 25 anos e ingressou numa carreira musical em 2014. Isto depois de nunca ter conseguido terminar o ensino secundário, já que aos 19 foi sentenciado a 33 meses de prisão por posse de droga. Foi durante o periodo em que esteve encarcerado que conseguiu escrever as letras para a sua primeira mixtape Real N*gga Bangaz.

O segundo volume da saga, RnB 2, foi editado no ano seguinte ainda de forma independente. Já RnB 3 marca a sua estreia pela Atlantic Records. Em 2016 a Rolling Stone integra-o na lista de “10 Novos Artistas Que Deves Conhecer”, muito por causa de “Selfish”, o grande single de apresentação para GTTM: Goin Thru the Motions, o seu álbum de estreia que foi editado em Janeiro deste ano.

No currículo conta também com uma mixtape a meias com Fetty Wap e uma invejável lista de colaborações: Quavo, Young Thug, 2 Chainz, Wiz Khalifa, Kodak Black ou Lil Yachty são alguns dos que já somaram parcerias com o artista de Filadélfia.

 


[UGLY GOD]

Alem da pericia nas rimas, o artista anteriormente conhecido como Pussy Bacon tem também valências de produtor. Foi nos Little Dick Clique que a sua exposição aumentou, passando depois a apostar ainda mais na sua carreira a solo.

De momento prepara a mixtape de estreia, de onde já surgiram vários temas enquanto singles. “Water” é o seu maior sucesso e levou-o até a figurar a lista dos 100 melhores temas do momento para a Billboard. “Bitch!” foi o sucessor e também não passou despercebido, embora seja difícil de voltar a repetir a proeza do seu antecedente.

Aguardamos agora por The Booty Tape, o projecto mais ambicioso de Ugly God até à data, de onde já foram também revelados a capa e a tracklist. A mixtape será editada este ano, não havendo ainda um dia em concreto para o lançamento. Lil Yachty, $ki Mask The Slump God e XXXTentacion são, além dos Little Dick Clique, os artistas presentes no projecto.

 


[Kyle]

Anteriormente conhecido como K.i.D., o rapper Californiano soma já um impressionante meio milhão de subscritores na sua conta do YouTube. É provavelmente um dos mestres de cerimónias mais “experientes” desta lista. Além da extensa fanbase, conta já com dois álbuns editados, um EP com G-Eazy, várias mixtapes, e uma extensa lista de singles consistentes nos seus canais. Tudo isto em menos de 10 anos de carreira. O seu mais recente sucesso é “iSpy”, tema em que divide o protagonismo com Lil Yachty.

Está ligado à Indie-Pop e à Atlantic Records, os selos editoriais que aguardam o seu novo projecto para o comercializarem. O nome do trabalho que nos reserva para este ano não é ainda conhecido mas, além de “iSpy”, vai contar com os já revelados “Want Me Bad” e “Not The Same”. Chance The Rapper e Kehlani são outros dos artistas que já colaboraram com Kyle.

 


[MadeinTYO]

6 anos a viver no Japão foram suficientes para que Malcom Jamaal Davis adoptasse o nome Made In Tokyo. Embora tenha nascido no Havai, foi em Atlanta que acabou por passar a maior parte da sua vida. Talvez o facto de ter crescido rodeado de diferentes culturas o tenha ajudado a conseguir canalizar uma grande dose de criatividade na música. Estreou-se apenas no ano passado com o EP You Are Forgiven, seguindo-se rapidamente a edição do seu primeiro longa-duração. Tudo projectos que fazem parte do catálogo da Private Club Records, fundada pelo seu irmão Royce Rizzy, aka 24hrs.

Uber Everywhere” é o seu maior êxito e foi apenas o seu segundo single na carreira. De Thank You, Mr. Tokyo sobressai “Skateboard P”, tema em que o rapper acena a Pharrell Williams, escolhendo a alcunha do produtor dos tempos do ensino secundário para nomear a faixa. A música recebeu ainda a participação de Big Sean para a remistura, editada posteriormente no formato videoclipe. Também no vídeo são claras as alusões a “Frontin’”, um dos primeiros sucessos a solo de Pharrell que contou com a ajuda de Jay-Z. 2 Chainz, Travis Scott e A$AP Rocky são mais alguns grandes nomes do hip hop que quiseram fazer a sua própria versão de temas originais de MadeinTYO.

 


[Kamaiyah]

A única mulher presente nesta lista é também a primeira MC feminina da costa oeste a integrar a turma dos caloiros da XXL. Surgiu em 2015 com o tema “How Does It Feel”, que fez parte do alinhamento de A Good Night In The Ghetto, a sua mixtape de estreia. Além das excelentes críticas que o projecto recebeu, o primeiro single chegou ainda a integrar a lista dos 100 Melhores Faixas do Ano pela Pitchfork.

A Fader apostou nela e colaborou com ela num videoclipe. YG e Drake são algumas das estrelas que já colaboraram com ela. Tudo aponta para o sucesso no ainda curto trajecto de Ill Yaya, e o seu futuro pode já estar definido. O próximo passo será a edição de um álbum de estreia, agora que o seu nome circula na boca de meio mundo.

Apesar de preferir não dividir o microfone na grande maioria dos seus temas, E-40, Lil Yachty e DJ Mustard são alguns dos artistas que já puderam dividir o microfone com Kamaiyah.

 


[Kap G]

George Ramirez tem descendência mexicana, nasceu em Atlanta e reside actualmente em Long Beach. “Tatted Like Amigos” foi o seu tema de estreia, também responsável por catapultar Kap G para as luzes da ribalta graças à precoce colaboração com Chief Keef. Conta já com 7 mixtapes na bagagem, a mais recente editada há um par de meses que celebra a sua estreia pela Atlantic Records. Supa Jefe contem participações de Chris Brown e Pharrell Williams e é composta por 12 temas.

O seu grande hit é “Girlfriend”, tema editado o ano passado que pertenceu ao alinhamento de El Southside, que Quavo e Ty Dolla $ign não resistiram em remisturar. Mas os pesos-pesados do hip hop que apoiam Kap G dariam uma lista extensa. Jeezy, Ca$h Out, DJ Drama, T.I., Wiz Khalifa, Kirko Bangz, Young Thug ou Fabolous são apenas mais alguns exemplos das personalidades que a sua música conseguiu alcançar.

 


pub

Últimos da categoria: Ensaios

RBTV

Últimos artigos