pub

Woner: “Vomitei as minhas fragilidades todas”

Woner lançou o terceiro e último volume da trilogia A Minha Cabeça Sai Sempre Cortada e fecha assim um capítulo que começou em 2012 com o Vol.1.

 



O rapper e produtor colocou-se nas margens do rap nacional com a sua musicalidade arrastada e negra, mostrando-se um nome à parte do restante panorama português. Quanto ao novo trabalho, João “Woner” conta-nos quando é que o conceito surgiu e no que consiste: “Estou desde 2011 a trabalhar nesta obra, dei muito de mim, vomitei as minhas fragilidades todas e as coisas escondidas que de monstro todos temos. É um álbum conceptual que se completa com os restantes volumes. Existe uma história da primeira à última faixa, uma narrativa, personagens, lugares, plot-points, plot twists… É um álbum para ser ouvido da mesma forma que se vê um filme. Retrata a minha luta com esquizofrenia e os diferentes episódios de distorção de realidade por que passei nos últimos anos.”

“É um projecto muito pesado, negativo e escuro, mas com um final aberto a uma possível salvação com base na aceitação do bom e do mau que a vida nos dá resultando na motivação para mudar e tentar ser o herói. Fecho, finalmente, este capítulo e preparo-me para o próximo. Em Dezembro, trago novidades com o Ghost Wavvves“, revelou ao Rimas e Batidas.

As faixas do Vol.3, que está dividido em 2 CDs, foram produzidas pelo próprio Woner, Ghost Wavvves, Suary, Neatro, Raikuaza, Aceloria e Graham O’Brien. Podem ouvir em baixo o novo trabalho na íntegra:

 


pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos