WAZE: novo disco cá fora e passagem confirmada pelo RFM Somnii 2019

[TEXTO] João Daniel Marques [FOTO] Direitos Reservados

Aconteceu na passada quinta-feira a festa de lançamento de Private Party, o novo álbum de WAZE, que conta com colaborações das mais diversas figuras da música nacional. No mesmo dia, o jovem rapper foi confirmado no cartaz do RFM Somnii, festival na Figueira da Foz.

Private Party é o segundo projecto de Bernardo Rodrigues em menos de um ano, sucedendo a Karma, editado em Junho do ano passado. Segundo o próprio, o próximo disco procura explorar novos horizontes que vêm contradizer a recorrentemente associação às letras e vídeos que procuram explorar um lado mais sensual e sexual do artista de 19 anos: “O meu álbum intitula-se Private Party que é um pequeno trocadilho até no título. O ‘Private’ é um lado mais privado do álbum, mais emocional e, se calhar, mais intenso. E é o lado onde eu encontrei um WAZE mais maduro. O ‘Party’ é um lado mais irreverente e que melhor me caracteriza: mais irreverente e uma fusão de vários estilos musicais com o rap como base.”

E se Private Party é mais irreverente isso nota-se até nas colaborações com David Carreira, Supa Squad, MC Zuka, Deejay Telio, Ivandro ou Valdo Prod, que se estendem da pop ao rap e fogem às caixas em que o tentamos colocar. “Todas as colaborações são de pessoas que eu já conhecia antes de as convidar. O Deejay Telio conheci nos melhores do ano (…) os Supa Squad e o MC Zuka também conheci no backstage de shows e o David cruzei-me quando estava no estúdio com o Mickael Carreira”.

E é precisamente nessa onda de pensamento que o nome de WAZE chega ao festival RFM Somnii, que viu na curadoria de um palco paralelo uma oportunidade de agradar aos públicos em plena transformação. “Festivais como o Coachella têm exactamente o mesmo segmento, têm hip hop, bombaton, reggaeton… Acompanha as tendências e o que está no auge é o hip hop”. Quem o diz é Stikup, o DJ português por detrás dessa curadoria. Quanto à inclusão de WAZE, a justificação é simples e directa: “Acho que vai ser um dos artistas mais mediáticos da nossa geração”.

Entre os nomes que representam o hip hop tuga no Somnii estão Phoenix RDC, “um artista que está aí muito quente no mercado”, Sippinpurpp e Domi, “que atingem a camada mais jovem”, o DJ Fifty, DJ Cruzfader, DJ Nesley e o próprio Stikup também passarão por essa programação paralela.

Quanto à introdução do rap no cartaz, o director do festival Marco Azevedo diz: “A identidade do RFM Somnii não tem a ver com os estilos de música, mas sim com a música no seu conceito mais vasto. Nós somos apaixonados por música, que é muito maior que apenas um género”.


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team