pub

Valas sobre “Imagina”: “Eu e o Lhast achámos que seria o som ideal para convidarmos o ProfJam”

[FOTO] Direitos Reservados

Valas acaba de lançar “Imagina”, tema que conta com a participação de ProfJam, produção do inevitável Lhast e vídeo por Gerssis David. O novo single sucede a “Acordar Assim” e “Alma Velha”.

Esta é a primeira vez que o músico da Universal e o líder da Think Music trocam versos, um encontro inesperado entre dois artistas que têm vindo a criar caminhos ambiciosos na música nacional. Valas conta ao Rimas e Batidas como é que chegou a Mário Cotrim: “O convite surgiu pouco depois de gravarmos o meu verso e o refrão. Eu e o Lhast achámos que seria o som ideal para convidarmos o ProfJam e decidimos fazê-lo. Ele gostou do que ouviu e acrescentou o seu verso. A música dá-nos oportunidade de trabalharmos com pessoas diferentes de nós, com visões diferente. Neste caso, a temática aproximou-nos e o resultado foi original.”

O processo criativo, que decorreu em separado, teve um intermediário importantíssimo: Lhast. “Tive com o ProfJam algumas vezes e trocámos algumas ideias, mas nunca chegámos a visitar o estúdio ao mesmo tempo”, revela o MC de Évora. ProfJam acrescenta: “o Lhast é um produtor de elite e sabe muito bem juntar todas as peças do puzzle da produção musical, portanto facilita imenso o nosso trabalho, sem dúvida. Por acaso, só estivemos os três juntos depois da faixa estar terminada. Foi engraçado…”

Com uma carreira em sentido ascendente desde que lançou a Mixtakes e criou um dos colectivos mais promissores do rap nacional, o “Xamã” continua a desafiar os seus limites, colaborando com artistas tão díspares como D.A.M.A e L-Ali no mesmo mês. “Às vezes sabe bem contrariar o óbvio e o expectável. Quem me segue com atenção sabe que gosto de procurar novos caminhos e ligações em todos os sentidos da expressão. Fico sempre orgulhoso em receber este tipo de convites…”, remata ProfJam.

Desde que assinou o contrato com a Universal, o MC alentejano começou a criar buzz com os seus singles e fez-se à estrada como nunca tinha feito antes. “Tem sido um ano muito intenso. Tenho tentado aproveitar e aprender o máximo possível de cada situação. O balanço que faço é bastante positivo, tive a oportunidade de mostrar a minha música em mais de 60 locais e agora tenho o meu álbum a chegar. Sinto que é o começo de uma carreira a sério.”

Mais sério do que é isto é impossível, realmente, mas agora é tempo de imaginar o futuro:

 


pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos