SBSR: o contraste interno da electrónica britânica na primeira noite do festival

[TEXTO] Alexandre Ribeiro e Ricardo Farinha [FOTOS] Hélder White

A electrónica foi o principal foco, à lupa do Rimas e Batidas, no primeiro dia do Super Bock Super Rock, com as actuações de Jamie XX e Disclosure, nomes britânicos que conquistaram a cena internacional com álbuns como In Colour ou Settle, mas que têm sonoridades e ambientes muito distintos. O Parque das Nações – que não esgotou neste primeiro dia – recebeu os artistas debaixo de intenso calor e abriu, de forma suave, um festival que vai perdendo o seu motor rock para dar espaço a sonoridades diferentes.


13695096_10205507375158559_1056856553_n


O Palco EDP recebeu Jamie XX, um dos membros da banda The XX, que veio apresentar o seu álbum de 2015, In Colour, mas não só, mostrando um set onde misturou de forma exímia clássicos com ginga funk e disco no meio de criações suas. A versão de Skepta de “I Know There’s Gonna Be (Good Times) “, “Loud Places” (feat. Romy) e “Gosh” – música que tem um dos vídeos mais incríveis do ano – foram os pontos altos do seu álbum de estreia – nomeado para os Grammys – e um exemplo da sua capacidade de segurar cada faixa com as suas linhas de baixo, enquanto atira pedaços de voz que nos guiam entre os feixes de luz vindos do palco. Uma lição de como fazer um set consistente – e que na segunda metade fez lembrar Jon Hopkins.


13734828_10205507374958554_1953310142_n


Mais tarde, os Disclosure tiveram a responsabilidade de encerrar o palco Super Bock, no MEO Arena, e mostraram a arte de fazer música house ao vivo, com programações, instrumentos e voz. A dupla britânica dos irmãos Howard, habitual no nosso país, chegou a ter um momento Korn no Rock in Rio – uma falha técnica interrompeu o concerto logo na terceira música, durante cerca de 10 minutos; e recorde-se, o duo já tinha tido problemas na última edição em que actuou no SBSR, ainda no Meco, em 2014 -, mas voltou para deliciar os fãs, sempre de forma enérgica e simpática – não deixaram de desejar os parabéns a todos os portugueses pela conquista do Euro 2016.

Os Disclosure apresentaram temas dos seus dois discos, o sucesso de estreia, Settle, em 2013, e Caracal, do ano passado. Pelo meio houve tempo para a interpretação de “Willing and Able”, com Kwabs, que actua amanhã no palco EDP do SBSR, e “Moving Mountains”, com Brendan Reilly, numa actuação que fechou com o grande hit “Latch”, com a voz de Sam Smith a soar das colunas do antigo Pavilhão Atlântico.


13695164_10205507548682897_1894117164_n

ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team