pub

Texto: ReB Team
Fotografia: Direitos Reservados

O rap português vai estar em peso na Ericeira.

Sumol Summer Fest’21: Eixo Norte-Sul junta Mundo Segundo, Chullage, XEG, Ace, DJ BIG ou Virtus em palco

Texto: ReB Team
Fotografia: Direitos Reservados

O Sumol Summer Fest regressa em 2021 e já há datas para a dupla jornada musical na Ericeira— dias 2 e 3 de Julho —, bem como algumas novidades do cartaz, que foram apresentadas ontem no Ericeira Camping, numa conferência de imprensa que incluiu até um showcase de Piruka.

Inicialmente equacionados para tocar este ano, antes da pandemia ter colocado em pausa o circuito dos espectáculos ao vivo, Trippie Redd, SAINt JHN, Piruka, Burna Boy e Nenny são os nomes que se mantêm no alinhamento da 12ª edição do certame. No novo anúncio, o talento nacional surge bastante bem cotado: Phoenix RDC, Mike El Nite (DJ set) Alcool Club, Lon3r Johny + Sippinpurpp, Activasom + Enigmacru, RIOT e Rita Maia (DJ set) garantiram a presença no próximo Sumol Summer Fest, bem como a argentina Flaca (DJ set), colaboradora de Ms Nina e uma das mais importantes dinamizadoras do reggaeton em Madrid, e Mobbers (grupo de Angola).

Mas esperem, há uma “bomba” por revelar: quatro anos depois de estreia do espectáculo A História do Hip Hop Tuga, o palco principal do festival da Ericeira volta a servir de tubo de ensaio para uma nova homenagem ao género com Eixo Norte-Sul, uma espécie de duelo entre Lisboa e Porto, as duas cidades mais importantes no mapa do hip hop nacional. A representar o Norte estarão Mundo Segundo (capitão), Maze, Ace, Deau, Virtus, DJ Guze e DJ Spot, já a camisola do Sul será envergada por XEG (capitão), Chullage, Sir Scratch, Kappa Jotta, Deezy e DJ BIG. O conceito desta iniciativa vem explicado em comunicado:

“O espectáculo Eixo Norte-Sul será dividido em duas partes. Na primeira, cada equipa terá um bloco livre de 20 minutos, e haverá apenas uma regra a cumprir: ter em palco a participação de todos os elementos da equipa. O objectivo é criar momentos únicos, em temas originais dos intervenientes, ou até mesmo novas rimas e batidas, de modo a que consigam explorar a dinâmica de cada equipa. A segunda e última parte do espectáculo contará com as equipas Norte e Sul, juntas numa cypher, com todos os elementos de ambas as equipas presentes. Esta cypher, original e criada exclusivamente para este momento que se viverá no recinto do Festival, reunirá em palco todos os elementos que participarão no Eixo Norte-Sul, e será editada e lançada pela FADED um mês antes do concerto.”


pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos