pub

Texto: ReB Team
Fotografia: Direitos Reservados

Selo Antena 3.

Stereossauro no quinto episódio de Nas Pistas das Canções

Texto: ReB Team
Fotografia: Direitos Reservados

Rui Miguel Abreu, director do Rimas e Batidas, volta a colocar-se Nas Pistas das Canções. Depois das histórias de “Yah” dos Buraka Som Sistema ou “Throwback” dos Orelha Negra, a série documental da Antena 3 chega ao seu quinto episódio: é a vez de Stereossauro nos guiar pelo caminho de “Depressa Demais”, colaboração com Ana Moura e DJ Ride que integra o seu aclamado Bairro da Ponte.

“Ao início ainda houve uma lagrimita”, confessa o DJ e produtor que assinou a letra da faixa desmontada no novo capítulo de Nas Pistas das Canções. “Tive que afastar-me e ir um pouco à varanda, respirar uma beca, voltar para trás”. Trata-se de um tema bastante pessoal e são mais de 30 as pistas que compõem o seu ficheiro de gravação.



A história parte do momento de 2010 em que Tiago Norte, nome real de Stereossauro, reformulou em freestyle “Verdes Anos”, ilustre tema de Carlos Paredes. É este o ponto de partida para o trabalho mais expansivo que viria a ser Bairro da Ponte, cuja rampa de lançamento se faz de beats meticulosamente concebidos e a sobreposição de samples de Amália Rodrigues.

O quinto episódio da série da Antena 3 revisita as etapas técnicas percorridas por Stereossauro e DJ Ride (conhecidos em dupla como Beatbombers) em estúdio de forma a chegar a uma das canções do disco, “Depressa Demais”, que cruza o 2-step com Ana Moura e os sub-graves com a melancolia arquetípica do fado.

A produção é de Alexandra Oliveira Matos, com grafismo de Joel Pinheiro, e edição de Luís Almeida, também na câmara com Catarina Rodrigues.


pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos