pub

Texto: ReB Team
Fotografia: Direitos Reservados

Nenny, Wet Bed Gang e Murta saíram de mãos a abanar.

Slow J e Branko entre os vencedores dos PLAY – Prémios da Música Portuguesa 2020

Texto: ReB Team
Fotografia: Direitos Reservados

Esta quarta-feira, dia 29 de Julho, o Coliseu dos Recreios, em Lisboa, recebeu a edição deste ano dos PLAY – Prémios da Música Portuguesa, que foi transmitida na RTP1 e Antena 1.

Numa gala que teve de responder às medidas que a pandemia impôs nos últimos meses, houve, para além dos prémios, espaço para actuações de Papillon & Murta ou ProfJam & Pedro Abrunhosa, estes últimos a apresentarem-se em dueto inédito com direito a versões de “É Preciso Ter Calma” e “Socorro”, ambas do álbum Viagens, ou “SISTEMA”, do disco SYSTEM.

Com duas vitórias cada, Lena D’Água (Melhor Artista Feminina e Prémio da Crítica), Capitão Fausto (Melhor Grupo e Vodafone Canção do Ano) e Camané & Mário Laginha (Melhor Álbum e Melhor Álbum Fado) foram os grandes destaques da noite que ainda viu Slow J a levar o prémio para Melhor Artista Masculino ou Branko (com o vídeo de “Hear From You“) a subir a palco para receber Melhor Videoclipe, tendo o líder da Enchufada aproveitado ainda o “tempo de antena” para deixar uma muito aplaudida mensagem de alerta contra o racismo.

Destaque ainda para os novos prémios concedidos nas categorias de Jazz — tendo-se aí distinguido João Mortágua, com Dentro da Janela, uma edição da Carimbo Porta-Jazz — e Música Clássica/Erudita — onde foi premiado o trabalho Archipelago, registo colaborativo do compositor Luís Tinoco com o colectivo Drumming GP.

A lista completa dos vencedores pode ser consultada em baixo:

Vencedores por categoria:

MELHOR ÁLBUM JAZZ

“Dentro da janela” de João Mortágua
“Histórias do Jazz em Portugal” de André Sousa Machado
“Liturgy of Birds” de Daniel Bernardes & Drumming GP
“Ocre” de Filipe Raposo

Vencedor: Dentro da janela de João Mortágua

MELHOR ÁLBUM MÚSICA CLÁSSICA / ERUDITA

“Archipelago” de Drumming GP / Luís Tinoco
“Manuel Cardoso: Requiem, Lamentations, Magnificat & Motets” de Cupertinos & Luís Toscano
Chamber Music I de Hugo Vasco Reis
Joly Braga Santos – Complete Chamber Music Vol I por Quarteto Lopes Graça, Leonor Braga Santos, Irene Lima.

Vencedor: Archipelago de Drumming GP / Luís Tinoco

MELHOR ARTISTA MASCULINO

Fernando Daniel
Diogo Piçarra
Salvador Sobral
Slow J

Vencedor: Slow J

MELHOR ARTISTA FEMININA

Aldina Duarte
Ana Bacalhau
Blaya
Lena D’Água

Vencedor: Lena D’Água

MELHOR GRUPO

Capitão Fausto
Expensive Soul
Mão Morta
The Gift

Vencedor: Capitão Fausto

MELHOR ÁLBUM

“Aqui Está-se Sossegado” de Camané & Mário Laginha
“A Invenção do dia claro” de Capitão Fausto
“#FFFFFF” de Profjam
“You are forgiven” de Slow J

Vencedor: “Aqui Está-se Sossegado” de Camané & Mário Laginha

MELHOR ÁLBUM FADO

“Aqui está-se Sossegado” de Camané & Mário Laginha
“Puro” de Matilde Cid
“Roubados” de Aldina Duarte
“Um fado ao contrário” de Pedro Moutinho

Vencedor: “Aqui Está-se Sossegado” de Camané & Mário Laginha

MELHOR VIDEOCLIPE

“Catavento da Sé” de António Zambujo, realizado por Bruno Ferreira
“Hear from You” de Branko, Sango, Cosima e Profjam, realizado por Augusto Fraga
“Grande Festa” de Lena D’Água, realizado por Joana Lages
“Verão” de The Gift, realizado por Paulo Costa Pinto

Vencedor: “Hear from You” de Branko, Sango, Cosima e Profjam, realizado por Augusto Fraga

PRÉMIO LUSOFONIA

“Terremoto” de Anitta & Kevinho
“Menina Solta” de Giulia Be
“Sonhos” de Tainá
Um Pôr do Sol na Praia de Silva & Ludmilla

Vencedor: “Sonhos” de Tainá

PRÉMIO REVELAÇÃO

Bárbara Tinoco
Murta
Nenny
Tiago Nacarato

Vencedor: Bárbara Tinoco

PRÉMIO DA CRÍTICA

Vencedor: “Desalmadamente” – Lena D’Água

PRÉMIO CARREIRA

Vencedor: Xutos e Pontapés

VODAFONE CANÇÃO DO ANO

“Amor, a nossa vida” de Capitão Fausto
“Bairro” de Wet Bed Gang
“Bússola” de Nenny
“Também sonhar” de Slow J com Sara Tavares

Vencedor: “Amor, a nossa vida” de Capitão Fausto

pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos