Sexta-feira farta: novos trabalhos de Mayra Andrade, Slunk, Choker, AJ Tracey e Panda Bear

A música urbana em todo o seu esplendor: a habitual curadoria de discos do ReB traz hoje cinco propostas diferentes.

A africanidade de Mayra Andrade dança-se ao som do novíssimo Manga. Os Slunk estrearam-se pela 1980 com um disco repleto de ritmos que apontam directamente à cabeça. Choker tem dado sinais de que é uma das vozes que devemos acompanhar bem de perto, e assinou hoje o último capítulo da saga Filling Spaces. O aguardado álbum de estreia de AJ Tracey foi finalmente editado — e de forma independente. O norte-americano Panda Bear compôs Buoys em Lisboa e voltou a somar uma edição pela Domino Recording Company.


[Mayra Andrade] Manga

Cinco anos depois do lançamento de Lovely Difficult, Manga junta-se à discografia de Mayra Andrade, representando uma mudança da estética musical. Mais urbano, o álbum faz-se de uma mistura entre os sons tradicionais de Cabo Verde, o afrobeat e o universo da produção electrónica e digital — 2B, Akatche, Romain Bilharz e o amigo/músico Kim Alves foram peças importantes no desenvolver das novas linguagens. Manga foi gravado entre Paris e Costa do Marfim e vai ser apresentado ao vivo no Capitólio, nos dias 1 e 2 de Março.

 


[Slunk] Brixton Hills

A identidade dos Slunk está, para já, no segredo dos deuses. A dupla conheceu-se em Londres e participou em Lyfers Vol.2 com a faixa “For Tha Gs”. O projecto de estreia pela 1980, editora portuense responsável pela edição do LP de apresentação David Bruno no ano passado, por exemplo, acontece depois de vários anos a acumular ideias trabalhadas em estúdios caseiros.

 


[Choker] Forever & A Few

Choker é um artista natural de Michigan, que tem primado pela fusão das sonoridades urbanas às do rock e folk, envolvendo tudo isso com um toque de psicadelismo. Forever & A Few era a jogada em falta para completar Filling Spaces, um álbum dividido em três partes, juntando-se aos já revelados Mono No Moto e Dog Candy. Está assim desvendado o LP que sucede a Honeybloom, de 2018.

 


[AJ Tracey] AJ Tracey

A promoção ao álbum de estreia de AJ Tracey arrancou em Maio passado com “Butterflies”, tema que o levou pela primeira vez à tabelas de vendas do Reino Unido. O momento escolhido para soltar o longa-duração não podia ser melhor: o rapper de Londres lançou o último EP em 2017 e deu a cara para campanhas promocionais do Tottenham Hotspur e para a linha de roupa da OVO, de Drake.

 


[Panda Bear] Buoys

Lançado hoje pela Domino Recording Company, Buoys assinala a sexta aventura de Panda Bear a solo no formato longa-duração. O músico norte-americano juntou-se a Rusty Santos para compor os nove temas do disco na sua residência, em Lisboa, e entregou a capa do projecto a Danny Perez, Fernanda Pereira e Rob Carmichael. Buoys está à venda em vinil e CD e vai ser apresentado ao vivo na Culturgest, no dia 24 de Abril.

ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team