Sexta-feira farta: novos trabalhos de Fred, Pongo, Tank and The Bangas, TOBi e Puto Tito

[FOTO] Sebas Ferreira

Dia de estreias e reedições: Fred e TOBi editam os seus primeiros álbuns a solo, a banda Tank and The Bangas inaugura a sua relação com uma major, Pongo “aumenta” o seu EP originalmente editado em 2018 e Puto Tito recupera um projecto perdido com a ajuda da Príncipe. 


[Fred] O Amor Encontra-te no Fim

Frederico Pinto Ferreira, um dos bateristas mais requisitados da música portuguesa, acaba de lançar o seu primeiro disco a solo. Num processo maioritariamente solitário, o membro dos Orelha Negra atirou-se a 15 temas que giram à volta da bateria, o seu instrumento predilecto, convidando nomes como AMAURA, Francis Dale, Marcelo Camelo, Carlão ou Valete para deixarem a sua marca num “projecto extremamente pessoal”. 


[Pongo] Baia

Sobre a enérgica apresentação de Pongo no MIL, escrevíamos que esta era “uma voz injustiçada da década de 2000, um nome que centenas de milhares de ouvidos têm ainda que associar à icónica ‘Wegue Wegue'” — e se o Courrier International nos cita, talvez tenhamos alguma razão. Hoje é possivelmente um dos melhores dias para redescobrir a antiga Pongo Love, com a reedição do seu EP de 2018, Baia: um olhar futurista sobre o kuduro, um documento vibrante, caótico e poderoso de uma artista revigorada. Depois de produzir os singles “Tambulaya” e “Kazola”, o disco soma agora duas faixas-bónus: “Chora” e uma remistura de “Kuzola” pelo francês 20syl.


[Tank and The Bangas] Green Balloon

Depois de aparecerem de rompante numa sessão Tiny Desk da NPR Music, o grupo nunca mais desapareceu do radar, mesmo que só agora tenham lançado este Green Balloon, uma cacofonia de sons que ganha forma na voz de Tarriona “Tank” Ball e nas produções e contribuições de músicos como Robert Glasper ou Zaytoven


[TOBi] STILL

O artista de 26 anos estreia-se no formato longa-duração com o corpo em Toronto, Canadá, e a cabeça em Lagos, Nigéria. Com co-signs de veteranos como Snoop Dogg e The Game e um talento que o leva do canto ao rap com facilidade, Oluwatobi Ajibolade faz “unapologetic soul music” que toca. E ainda agora começou…


[Puto Tito] Carregando A Vida Atrás Das Costas

O primeiro lançamento com o selo da Príncipe Discos em 2019 pertence a Puto Tito. Apesar de sair hoje, o EP duplo do produtor contém material que foi criado em 2014/2015, um dado importante se tivermos em conta a sua idade actual: tem apenas 19 anos…

ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team