pub

Texto: ReB Team
Fotografia: Direitos Reservados

Rimas de luxo para digerir nos próximos dias.

Sexta-feira farta: novos trabalhos de 2 Chainz, Little Simz, DJ Muggs & ETO, Blu & Oh No e Czarface

Texto: ReB Team
Fotografia: Direitos Reservados

A ronda às edições do dia de hoje fica marcada pela grande dose de esforço aplicada nas rimas de todos os seus intervenientes.

A vida de 2 Chainz só teve duas escapatórias possíveis e o rapper do sul dos EUA optou pela arte do liricismo. Se alguns dos seus últimos trabalhos têm dado margem para suscitar algumas dúvidas quanto ao seu valor, Rap Or Go To The League mostra o porquê de Tity Boi ainda ser um nome capaz de fazer estremecer a restante competição ao microfone. Também Blu teve de puxar dos galões para não deixar que as batidas de Oh No passassem por cima dos seus versos, conseguindo recuperar em A Long Red Hot Los Angeles Summer Night a fragrância a que os álbuns clássicos do rap da costa oeste norte-americana nos habituaram.

Já não é novidade para ninguém que Little Simz é uma das grandes MCs que a sua geração trouxe, capaz de superar as barreiras do “rap feminino” ou do “hip hop britânico” e digna de um lugar ao sol entre a elite dos rappers da nova escola — GREY Area é ponto de paragem obrigatório neste ano de 2019. Menos conhecido do que a sua colega, ETO tem agora uma oportunidade de se mostrar aos amantes do street rap numa escala maior, já que contou com o lendário DJ Muggs na produção do seu novo disco.

Deixando as palavras de lado, os Czarface reeditaram Dog Days of Tomorrow, que aterrou hoje pela primeira vez nas plataformas digitais.


[2 Chainz] Rap Or Go To The League

Aos 41 anos de idade, 2 Chainz mostra que ainda tem versos suficientemente bons para se manter na primeira liga do rap norte-americano. Rap Or Go To The League é o quinto álbum da carreira do artista de College Park, Geórgia, e teve mão do jogador de basquetebol LeBron James na escolha dos 14 temas que integraram o alinhamento final. O sucessor de Pretty Girls Like Trap Music tem colaborações de peso para todos os gostos, com Kendrick Lamar, Lil Wayne, Chance The Rapper, Ariana Grande ou Marsha Ambrosius à cabeça. Nos créditos da produção, saltam à vista nomes como Pharrell Williams, DJ Mustard, Mike Dean, WondaGurl, Cardo ou 9th Wonder.


[Little Simz] GREY Area

No estúdio, Little Simz consegue ser “Picasso com a caneta” a rabiscar versos num bloco de notas. Desde a segunda metade de 2018 que a MC de Londres tem estado a antecipar o tão aguardado sucessor Stillness In Wonderland, o aclamado segundo álbum que colocou o seu nome no radar dos amantes de hip hop espalhados por todo o globo. Depois das boas impressões deixadas por “Boss” ou “Offence”, já roda nas plataformas digitais a totalidade de GREY Area, projecto que colocou Simbi lado a lado com o produtor Inflo. Little Dragon, Chronixx, Michael Kiwanuka e Cleo Sol são os colaboradores que deixaram a sua marca no disco.


[DJ Muggs & ETO] Hells Roof

Nem sempre é fácil para um veterano acompanhar o que as novas gerações fazem nas ruas. Valeu a DJ Muggs ter amigos como Meyhem Lauren, que além de um habitual colaborador funcionou como uma extensão dos seus ouvidos para captar o talento de ETO. O lendário beatmaker dos Cypress Hill rapidamente lançou o primeiro desafio ao MC de Rochester, Nova Iorque, que não desiludiu na sua aparição em Dia del Asesinato. Hells Roof assinala o primeiro longa-duração da dupla e é mais uma pérola da Soul Assassins Records, que tem vindo a mostrar um dos melhores rácios quantidade/qualidade nos últimos anos. Roc Marciano, Meyhem Lauren, Willie The Kid, Flee Lord e Big Twins trocam versos com ETO no projecto.


[Blu & Oh No] A Long Red Hot Los Angeles Summer Night

O talento herda-se? Oh No recuperou a essência das batidas da época dourada do rap da costa oeste norte-americana e ofereceu a Blu alguns dos melhores instrumentais que as suas rimas já conheceram. Não restam dúvidas que Michael Woodrow Jackson tem os mesmos dotes que o irmão Madlib para o corte e costura de samples e Blu soube aproveitar a oportunidade, assinando algumas das suas melhores rimas do passado recente. O LP tem o carimbo da Nature Sounds e uma lista de convidados na qual residem MED, Ca$hus King, Donel Smokes ou Brandi Price.


[Czarface] Dog Days of Tomorrow

Não é novo mais ainda cheira a tal. Dog Days of Tomorrow é um conjunto de instrumentais saídos das mentes criativas que operam em Czarface, editado num limitadíssimo 7” (em conjunto com uma BD), que serviu para antecipar Czarface Meets Ghostface e celebrar a edição do Record Store Day de 2018. O curta-duração aterrou hoje nas plataformas de streaming pela primeira vez, junto de uma nova fornada de cópias físicas, que podem ser adquiridas através da Fat Beats.

pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos