pub

Sexta-feira farta: Novos trabalhos de Bun B, Curren$y, Armand Hammer, Tkay Maidza, Lil Windex, PNTHN e Daxuva & Nina Miranda

[FOTO] Stephen Spillman

A sexta-feira farta de hoje apresenta os trabalhos de dois veteranos em cena no hip hop norte-americano — Bun B voltou com um novo disco e Curren$y tem uma nova mixtape. É, no entanto, um grupo de nomes mais recentes a jogar no campeonato das rimas e batidas quem domina o sumário das edições musicais no dia de hoje.

Billy Woods e Elucid já têm alguns anos de casa mas a dupla que formam em Armand Hammer ainda é relativamente fresca — Paraffin foi o disco que hoje editaram no Bandcamp. Tkay Maidza é jovem e tem um grande potencial, algo que vão comprovar em Last Year Was Weird Vol.1, caso não o tenham feito há dois anos, quando lançou Tkay pela Interscope. Lil Windex junta trap, comédia e… produtos de limpeza (?!) à sua formula musical, que gerou hoje o seu primeiro álbum de sempre. Os PNTHN são herdeiros do movimento que Bun B criou no Texas há quase trinta anos e essa distância no tempo traduz-se numa sonoridade completamente renovada por parte do colectivo que alberga 10 talentos distintos. Le Jardin é o disco de estreia de Daxuva e Nina Miranda, um projecto luso-brasileiro com muita Europa a correr nas veias.

 


[Bun B] Return Of The Trill

Bun B é um dos OGs ainda em actividade da cena sulista dos Estados Unidos da América, membro dos eternos UGK, onde dividia o microfone com o malogrado Pimp C. Em actividade desde a década de 80, Return Of The Trill é apenas o quinto álbum na carreira de Bun B. O estatuto de lenda confirma-se olhando apenas para a lista de colaboradores, que facilmente atenderam ao chamamento do rapper de Houston. Slim Thug, Lil Wayne, T.I., Big K.R.I.T., Run The Jewels, 2 Chainz e Leon Bridges colaboram em Return Of The Trill, disco que regista também uma nova aparição póstuma do seu antigo colega de crew.

 


[Curren$y] Fire In The Clouds

O objectivo é não abrandar. O líder da Jet Life Recordings já nos acenou este ano com nada mais nada menos do que três LPs. Inicialmente apontado para o dia 15 de Agosto, Fire In The Clouds chegou com duas semanas de atraso, mas não sem que Curren$y formalizasse um pedido de “desculpas” com a remistura de “On The Water” em colaboração com Lil Yachty. Drupey Beats é o principal arquitecto de batidas para a nova mixtape do rapper de Nova Orleães, que pode ser descarregada gratuitamente no Datpiff e tem apenas T.Y. e Larry June enquanto convidados.

 


[Armand Hammer] Paraffin

Desde 2013 que Billy Woods e Elucid colaboram juntos na dupla Armand Hammer, depois de terem unido esforços por diversas vezes nos seus trabalhos a solo. Rap alternativo continua a ser o principal ingrediente nesta nova receita de Paraffin, que sucede a um conjunto de quatro projectos editados em parceria. O rapper Billy Woods tem tido um percurso maioritariamente solitário, já o seu produtor, Elucid, está frequentemente associado à obra de milo, com quem até divide espaço nos Nostrum Grocers.

 


[Tkay Maidza] Last Year Was Weird Vol.1

Com apenas 21 anos, Takudzwa Maidza continua à procura de um lugar ao sol. Depois do EP de estreia Switch Tape, a cantora nascida no Zimbabwe e criada na Austrália ingressou numa viagem pela Interscope Records para editar Tkay, o primeiro LP da carreira. Somou colaborações com Killer Mike ou Martin Solvaig e hoje Tkay Maidza oferece-nos um novo curta-duração, no qual DUCKWRTH é o seu único convidado.

 


[Lil Windex] Idk

À boleia de uma sátira à nova geração de trappers que se tornou viral nas redes sociais, parece que Lil Windex conseguiu mimicar a receita dos seus colegas na perfeição, adicionando-lhe um toque de humor pessoal. O canadiano foi apadrinhado pelo compatriota Snak The Ripper e, após vários singles editados no último ano, Idk é o seu primeiro disco.

 


[PNTHN] RICO

PNTHN pronuncia-se “pantheon” e consiste em dez jovens artistas de San Marcos, Texas, dos quais sete são MCs, dois produzem e um assume o lugar de DJ. Praticamente desconhecidos, os PNTHN acabam de lançar RICO, o segundo EP do ano, que rapidamente seduziu a redacção do ReB — bem como a da Pitchfork, que acaba de destacar “Aztec” como uma das “mais carismáticas faixas do grupo,” que “vale a pena continuar a seguir.”

 


[Daxuva & Nina Miranda] Le Jardin

Pedro Ferraz estreou este ano o projecto Daxuva, que começou a ser acompanhado pelo Rimas e Batidas em Julho. Nina Miranda, brasileira a residir na Europa e que canta maioritariamente em inglês, é a parceira de viagem neste novo projecto do produtor portuense. “Exist” e “Hummingbird” foram os primeiros singles a nascer da colaboração, ambos a fazer parte do alinhamento deste Le Jardin.

pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos