Richard Russell faz remistura para as Ibeyi

[Foto]: Direitos Reservados.

As manas Lisa-Kaindé e Naomi Díaz são uma das belas novidades deste ano de 2015. As Ibeyi editaram em Fevereiro, pela XL Recordings, o disco homónimo de estreia, recheado de muito boas ideias que deixam transpirar as influências genéticas desta dupla franco-cubana.

Lisa-Kaindé e Naomi são filhas do percussionista cubano, o conguero Anga Diaz – que, obviamente, trabalhou com os Buena Vista Social Club e Omara Portuondo. As gémeas (e é essa a tradução possível para Ibeyi) deixaram as raízes do cajón e tambores batá actuar nas suas composições e retocaram-nas com uma electrónica suave e um trabalho imaculado de vozes e piano, com tiques de electro-jazz.

A XL – casa dos Ratking, FKA Twigs, ou M.I.A. – esfregou as mãos de contentamento com o potencial das Ibeyi e foi o próprio patrão, Richard Russell, que se dedicou à produção deste trabalho que conta com temas muito interessantes, cantados em inglês e yoruba (idiomas do Togo, Benin e Nigéria), como “River”, “Oya” ou “Mama Says”.

Já com o disco em alta-rotação e a recolher muitos elogios, Richard Russell – que também produziu I’m New Here, de Gil Scott Heron, The Bravest Man in the Universe, de Bobby Womack ou Everyday Robot, de Damon Albarn – volta a pegar nele, mostra a paixão pela electrónica e atira-se ao remix de “River”, um dos temas mais belos de Ibeyi, dando-lhe um matriz mais clubbing, sem lhe tirar o calor afro-cubano.

 

 

ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team