Pioneiro da electrónica Don Buchla desaparece aos 79 anos

Don Buchla, importante pioneiro na construção de sintetizadores, faleceu aos 79 anos, vítima de complicações do foro oncológico.

Contemporâneo de Robert Moog, Donald Buchla construiu na Califórnia, em meados dos anos 60, alguns dos primeiros sintetizadores modulares contribuindo de forma decisiva para a revolução electrónica que se seguiu – o próprio Robert Moog nunca escondeu que os primeiros passos de Don Buchla no plano conceptual foram mais avançados do que os seus. Os seus instrumentos foram celebrados por músicos pioneiros como Morton Subotnick ou Suzanne Ciani.Sobre ele disse Morton Subotnick, que além de compositor e pioneiro utiliador das suas criações foi um amigo próximo: “Ele inventou um novo paradigma para a forma como se poderia interagir com a electrónica – de uma forma mais humana, completamente nova”.

A editora britânica Finders Keepers editou muito recentemente, aliás, um álbum de Suzanne Ciani com gravações de arquivo datadas de 1975. Ciani acaba igualmente de participar no 13º volume da série Freakways da RVNG Intl. ao lado de Kaitlyn Aurelia Smith com o álbum Sunergy onde prossegue a sua exploração dos míticos instrumentos criados por Don Buchla.

 



Em 2007, Don Buchla foi um dos oradores na Red Bull Music Academy de Toronto, tendo tido a oportunidade de explicar o seu pensamento e filosofia na construção de sintetizadores. Buchla participou posteriormente na série de programas Fireside Chat da Red Bull Music Academy Radio.

 



Donald Buchla apresentou os primeiros exemplares da sua Série 100 por volta de 1963, ainda como protótipos, e começou a comercializar os primeiros instrumentos por volta de 1966. É esse sintetizador que se ouve no célebre Silver Apples of The Moon, o primeiro álbum de música electrónica encomendado por uma grande editora, da autoria de Morton Subotnick, e lançado em 1967 na Nonesuch (e obra a que os Silver Apples foram buscar o seu nome).

 



Em 1970, Buchla aprsentou a sua Série 200 Electric Music Box, concorrente directo de sintetizadores como o Minimoog ou o VCS 3 da EMS – portátil e versátil, foi outro importante passo na caminhada tecnológica para o futuro. Este sintetizador manteve-se em produção durante muito tempo e foi até alvo de uma reedição já neste milénio. Da Série 300 resultou o mítico Music Easel e Armando Teixeira é um confesso admirador destes modelos, como explicou à RBTV.

 



As séries de Buchla prosseguiram até ao presente, chegando à numeração 700, com vários modelos a serem elogiados pelos mais variados músicos pela sua personalidade singular e pelas incríveis possibilidades sonoras que ofereciam. As texturas sónicas criadas por Donald Buchla são um inestimável património da música electrónica.

 


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team