Paul Kalkbrenner, Black Coffee, Dave Clarke ou Motor City Drum Ensemble no Brunch Electronik 2018

[FOTO] Direitos Reservados

O Brunch Electronik vai regressar à Tapada da Ajuda para animar o Verão lisboeta. Paul Kalkbrenner, Black Coffee, Dave Clarke, DJ Vibe ou Motor City Drum Ensemble fazem parte de um leque de mais de 30 artistas que marcam presença no certame que acontece aos domingos, entre 29 de Julho e 16 de Setembro.

 



O alemão Paul Kalkbrenner iniciou a sua carreira enquanto DJ/produtor no virar do milénio por intermédio da BPitch Control, editora criada por Ellen Allien que conta com um vasto catálogo, no qual constam obras de Ben Klock, Moderat ou Sascha Funke. A banda sonora para Berlin Calling — filme no qual se estreou também enquanto actor — foi a última obra lançada pela label berlinense. Parts Of Life, o seu mais recente disco, de 2018, marcou a sua estreia pela Columbia.

Também conhecido como “O Barão do Techno”, Dave Clarke conta com mais de duas décadas de ligação à música electrónica de dança no seu currículo. Deconstruction, Bush, XL Recordings ou Skint são algumas das editoras que lançaram música do DJ e produtor de Londres que, no ano passado, colocou no mercado The Desecration of Desire, o seu mais recente álbum. Além de um vasto portefólio de material original, Dave também assinou mixes para algumas das mais prestigiadas plataformas como a Resident Advisor, Fabric ou Studio !K7.

 



Black Coffee é natural de Durban, África do Sul, e tem estado atrás dos decks desde 2005. Licenciado em Estudos do Jazz pela Durban University of Technology, a sua carreira no mundo da música teve início enquanto corista numa banda, formando mais tarde o trio SHANA com dois colegas de curso. 2003 marcou um ponto de viragem no seu trajecto, ao ter sido incluído na prestigiada turma da Red Bull Music Academy desse ano e, consequentemente, entrado a todo o gás na cultura da música de dança sul-africana. Pieces of Me foi o último álbum que editou, trabalho que certamente ajudou a que a organização dos DJ Awards, em Ibiza, lhe concedesse o título de “DJ Revelação” em 2015.

A saudade bateu forte e Danilo Plessow vai regressar a Portugal dois meses após a sua passagem pelo NOS Primavera Sound, ele que é a principal figura por detrás dos Motor City Drum Ensemble. Mais reservado na actualidade, pelo menos no que toca à edição de nova música, é na gestão da MCDE Recordings que mais sentimos a sua forte vocação enquanto curador — Henry Wu (aka Kamaal Williams), Hugo LX ou Harvey Sutherland são alguns dos talentos que lhe passaram recentemente pelas mãos.

O cartaz também se faz de talento português no feminino: Violet, Caroline Lethô, Mafalda e Sonja estão confirmadas na edição deste ano do festival.

 


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team