NERVE: “Tenho urgência em expressar ideias sobre mim”

 

[FOTO] Ricardo Miguel Vieira

 

Domingo, algures em Setembro, noite clara. Carrego no pedal marginal de Cascais fora, rumo à Parede, com o Atlântico a ir-e-vir nas ondas que deslizam pelos recortes de costa. Estou ligeiramente fora das horas combinadas com NERVE para nos cruzarmos numa qualquer bomba de gasolina da linha, daí seguindo até ao seu estúdio para uma conversa sobre, “Trabalho & Conhaque” ou “A Vida Não Presta & Ninguém Merece a Tua Confiança.

Engraçado, este título parece desenhado para alimentar dezenas de conversas com os amigos, numa partilha desregulada de filosofias e argumentos de vida intervalados entre jolas e tremoços. Tem abertura suficiente para se debater a vida, o dia-a-dia, o que está à nossa volta, o hoje que nos interpelou e o amanhã que vem ao nosso encontro. É exactamente isto que NERVE nos apresenta em T&C/AVNP&NMTC, embora num formato monólogo: Tiago Gonçalves, nome próprio deste nervoso e intrigante rapaz, reflecte sobre a existência no silêncio dos pensamentos, fatiando, posteriormente, as conclusões em rimas. Em barras. 16 barras que são ensaios.

Encontramo-nos, então, na estação de serviço e daí arrancamos. E até hoje não me recordo de onde estive, por onde fui, por onde andei. NERVE está refundido numa pequena aldeia sombria e silenciosa. Só vejo no cimo de uma estrada a luz de um café reflectida no asfalto. T&C/AVNP&NMTC é, também, a procura de um pequeno foco luminoso que conduza ao equilíbrio entre o ócio e o laboro, o trabalho e o conhaque. “O objectivo deste álbum era criar algo mais focado nas pequenas paranóias que o indivíduo pode ter”, dir-me-á mais tarde, sacudindo o lado fantástico e personificado que existia em Eu Não das Palavras Troco a Ordem, passando assim para a abordagem directa das “preocupações e nóias que possas ter sendo um indivíduo minimamente normal”. Essa busca desemboca em fracasso, na “vida não presta”, na outra metade do trabalho.

T&C/AVNP&NMTC são 14 faixas que duram quase 10 anos. Sim, uma década, porque este é um esboço pré-ENPTO. É um projecto que atravessou um longo processo de maturação, diferentes fases, rasuras e renovações de perspectivas e premissas. É um rapper nervoso a cuspir inquietações. Já nos encontramos no estúdio. A rolha do vinho branco já saltou fora. Vamos à conversa que o título “Trabalho & Conhaque” ou “A Vida Não Presta & Ninguém Merece a Tua Confiança (que está disponível para encomenda aqui) desperta.

 

 

“Trabalho & Conhaque” ou “A Vida Não Presta & Ninguém Merece a Tua Confiança” está disponível para encomenda em formato físico através do site da editora Mano A Mano.

Sigam o trabalho de NERVE via Facebook.

Ricardo Miguel Vieira

Escrevo umas linhas em revistas e sites. Cultura, música, activismo, DIY, surfing são o meu universo. Se não me encontrarem por aí de headphones entre orelhas é porque estou algures no oceano.