Mini-documentário revela-nos o interior do estúdio da Stones Throw

A produção ficou a cargo da Vinyl Factory e da Fact Magazine e o filme de quase 10 minutos revela-nos o interior do estúdio que Peanut Butter Wolf ergueu para que os artistas da sua editora, a poderosa Stones Throw, possam criar num ambiente altamente estimulante, equipado com as ferramentas certas.

Situado em Highland Park, em Los Angeles, num edifício onde em tempos operou a editora de punk Fatima Recordz, o estúdio da Stones Throw é operado pelo engenheiro de som Jake Viator e é mais uma das operações em que se envolve uma etiqueta que tem sabido manter-se como um dos pilares da altamente criativa e competitiva cena musical de Los Angeles.

Equipado com muitos teclados vintage bem como outros significantes pedaços de tecnologia analógica, o estúdio reflecte também o facto de todos vivermos hoje na idade digital. Peanut Butter Wolf, que é um dos protagonistas do documentário, acredita que o espaço poderá ser um laboratório para fomentar novas experiências entre os muitos e diferentes artistas da sua editora. Sudan Archives, cantora, violinista e produtora que está a preparar a sua estreia em longa duração na Stones Throw, Karriem Riggins ou o veterano Egyptian Lover, sempre com a sua 808 por perto, são outros dos membros da família da editora californiana que surgem neste revelador vídeo.

 


Rui Miguel Abreu

Rui Miguel Abreu

Crítico musical desde 1989, Rui Miguel Abreu escreve atualmente para a Blitz e integra a equipa da Antena 3. De vez em quando também gosta de tirar o pó aos discos e mostrá-los em público.
Rui Miguel Abreu