Mag está de volta, e desta vez para ficar

[TEXTO] João Marques [FOTO] Alice Marcelino

Mag já não é um nome novo no hip hop tuga, mas está de volta para ficar. Mas, afinal, quem é o autor de “Descansa em Paz”, cuja letra e música divide com Sescon sobre um instrumental de Beatoven?

Mag é João Bruno Alves. A alcunha obteve-a de “Magistrado” depois de ter feito uma tatuagem no braço que deixa ler “a consciência é o meu próprio juiz”. De raízes humildes, João começou a assinar as primeiras rimas em ’99 porque precisava de descrever por palavras o que os olhos viam. Mas esse não foi o primeiro contacto que teve com a música enquanto artista: “Sensivelmente em ’97 comecei a ouvir e sentir as primeiras rimas e batidas e a desenvolver o graffiti. O entusiasmo seguiu para DJing que transformou o meu quarto numa escola de rap”.

 



O single é do mês passado, mas este também não é o primeiro esforço a solo do rapper que editou em 2010 o álbum Libertação Espiritual. Isto porque, lá está, em 1999 fez as primeiras gravações no quarto, que assinou com “os amigos mais velhos” do bairro – os Membros da Sociedade. Foi este grupo e estes amigos que cultivaram em Mag os valores e a cultura hip hop que o fazem continuar a rimar hoje. “O tema é dedicado a um “irmão” que morreu”, alguém carismático e influente no bairro, que segundo o próprio artista, lhe ensinou o que eram valores como a lealdade e o ser fiel.

Na sua arte, Mag não se propõe a explorar o lado negro da lua. O “irmão” que partiu, a lealdade e fidelidade, a vida no bairro onde vivia e o quotidiano bélico que experienciou aí mesmo são os tópicos que aborda no novo tema. O que nos traz de novo é uma perspectiva própria e portuguesa que, em “Descansa em Paz”, alia as suas rimas brutas a um refrão melódico e suave de alto contraste. Algo que foge ao boom bap puro com que cresceu nos anos das primeiras gravações. Influenciado pelos sons de Tupac, Mos Def, Wu-Tang e J. Cole adivinha-se algo mais de hoje com os sons de antes – e é isso que se passa. Os assuntos que nos traz são os mesmos, mas as melodias e o refrão que inclui são algo de agora.

Este é o reviver de uma carreira paralela que Mag parece querer continuar. Durante as horas de expediente, João Bruno Alves é consultor de investimento imobiliário, mas à noite e aos fins-de-semana pega no lápis e caderno para escrever rimas que está a ponto de revelar no decorrer do ano. Em Abril deve trazer-nos um projecto de grupo, Yoko Project, mas ainda antes disso devemos esperar um EP em nome próprio. Ficaremos atentos ao que tem para nos mostrar.

 


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team