A lista do ano de DWARF

[FOTO] João “Lagarto”

Se Mike El Nite tem aparecido com frequência nas listas de melhores do ano por causa d’O Justiceiro, metade do crédito deve ser dado a DWARF, produtor que se mexe com facilidade entre géneros diferentes como footwork, electrónica mais obscura ou trap para dar novos mundos ao rap nacional.

As escolhas de DWARF são uma reflexão dessa diferença que ele representa na produção nacional e um punhado de artistas totalmente diferentes e prontos a ser (re)descobertos por todos:

 


[MELHOR ARTISTA NACIONAL] Solar Corona

“Mega banda tuga a surgir das profundezas da terra. Ainda por cima o baixista é o DJ Toso. Melhor nome de DJ de sempre.”

 


[MELHOR ARTISTA INTERNACIONAL] IC3PEAK

“Directamente de Moscovo para nos deixarem, no mínimo, uma semana recheada de pesadelos.”

 


[MELHOR PRODUTOR NACIONAL] Vulto.

“Bom gosto com uma boa dose de terror psicológico.”

 


[MELHOR PRODUTOR INTERNACIONAL] Hot Sugar

“Um gajo super sensível que faz maravilhas. Flawless.”

 


[MELHOR FAIXA INTERNACIONAL] “VOLUME UNIT // CASES” por Lorn and Dolor

“Perdi a conta do número de vezes que ouvi isto. É uma faixa com VÁRIAS FAIXAS, o quão óptimo é isso. Para além do mais, são todas impecáveis.”

 


[MELHOR FAIXA NACIONAL]“Hoax” por Racoon

“Se não chorarem a ouvir esta malha é porque não têm sentimentos”

 


[MELHOR DISCO NACIONAL]Yesterday You Said Tomorrow por egbo

“Para além de ter feeling vezes infinito, tem uma faixa com o melhor drop desde a ‘In The Air Tonight’ do Phil Collins.”

 


[MELHOR DISCO INTERNACIONAL] FALLAL por IC3PEAK

“O Yin e Yang dos discos que ouvi este ano.”

ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team