Jay Z entra no Hall of Fame dos Escritores de Canções e recebe elogio de Obama


Jay Z faz finalmente parte do Songwriters Hall of Fame, uma honraria raras vezes concedida e que pela primeira vez foi atribuída a um nome do universo hip hop. A ocasião foi, obviamente, digna de celebração por parte do senhor Sean Carter que se atirou ao twitter numa sessão de cerca de 90 minutos para agradecer a uma longa lista de rappers que garante terem-no inspirado. O maior de todos, assegurou Jigga, é Obama que na sua declaração gravada em vídeo confessa ser fã de Jay Z desde que era um jovem senador : “usei as suas letras para o meu discurso em Selma”, explicou mesmo o ex-Presidente.

 



A lista estendeu-se muito mais e permitiu que Jay Z pudesse agradecer a rappers como Sean P, Pusha T, Earl Sweatshirt ou Tyler. O rapper veterano agora homenageado, garantiu ainda não estar bêbado, num acesso de humor que reflectia a sua felicidade e também o facto de ser “novo nisto do twitter”, como ele mesmo confessou.

 



A comunidade hip hop reagiu igualmente à distinção atribuída a Jay Z com uma longa lista de gente notável – de Chance The Rapper, Nas e Rakim a Jay Electronica, Common e Chuck D – a expressar a sua admiração em vídeos e textos alinhados no Tidal.

 


Rui Miguel Abreu

Rui Miguel Abreu

Crítico musical desde 1989, Rui Miguel Abreu escreve atualmente para a Blitz e integra a equipa da Antena 3. De vez em quando também gosta de tirar o pó aos discos e mostrá-los em público.
Rui Miguel Abreu