pub

Illa J traz homenagem ao irmão J Dilla a Porto e Lisboa

Illa J vem apresentar o seu álbum homónimo de 2015 a Portugal integrado numa digressão europeia de homenagem ao seu malogrado irmão, J Dilla. Os concertos do rapper, cantor e músico acontecerão a 8 e 9 de Julho, no Plano B, Porto, e Music Box, Lisboa, respectivamente.

Os dois concertos em Portugal de Illa J carregam a marca da Versus, produtora responsável por apresentações no nosso país de artistas como The Alchemist & Oh No (Gangrene), Talib Kweli, Dilated Peoples, Pharoahe Monch, Slum Village, Mobb Deep ou Kirk Knight.

Illa J tem 29 anos e contava apenas 13 anos quando assinou a sua primeira rima, lado a lado com o seu irmão, o mítico J Dilla. O produtor de Detroit desapareceu em vésperas de Illa J completar 20 anos, em 2006, e nesse momento o jovem rapper e compositor decidiu aperfeiçoar os seus conhecimentos, de forma a melhor poder honrar a memória do seu malogrado irmão, como faz questão de sublinhar a sua apresentação no site da editora Bastar Jazz Recordings, a responsável pela edição do homónimo trabalho de 2015, Illa J.

Illa J estreou-se com o projecto Yancey Boys rimando sobre beats de J Dilla em 2008. Depois, colaborou com Frank Nitt no álbum Sunset BLVD em 2013.  Fez igualmente parte dos Slum Village até 2014 tendo com eles feito concertos um pouco por todo o mundo. Illa J mudou-se para Montreal, Canadá, em 2012, em busca de novos desafios e de um novo cenário para a sua vida criativa. Foi aí que encontrou Nick Wisdom e AstroLogical, dois produtores que juntos são conhecidos como Potatohead People e que asseguraram a produção de Illa J., álbum que mereceu lugar entre os melhores lançados em 2015.



 

Este mais recente trabalho de Illa J é especial e diferente: mais orgânica, a produção da dupla Potatohead People dispensa samples em favor de músicos reais e colaborações pontuais com outros produtores como Kaytranada (que co-assina “Strippers”) ou Noo Bap (que dá uma ajuda em “Cannonball”). E sobre bases mais boom bap, carregadas de ecos jazzy, em composições sofisticadas, Illa J rima e canta mostrando todo o alcance da sua personalidade artística. Este é um disco que denota sofisticação e ambição estética. Aliás, essa ambição há-de certamente ter sido a razão para o convite lançado por Robert Glasper para que Illa J se juntasse a nomes como Erykah Badu, Bilal ou Stevie Wonder na fantástica homenagem a Miles Davis que acaba de ser editada com o título Everything’s Beautiful.

Um dos temas de Illa J tem por título “Never Left”, uma homenagem sentida ao seu irmão que dá nome à sua presente digressão na Europa. A ideia é correcta: 10 anos depois, prova-se que o espírito de J Dilla nunca nos abandonou – foi aliás esse espírito que inspirou a segunda edição do Festival Rimas e Batidas.

As portas para os concertos de Illa J no Plano B e no Music Box abrirão às 22h00 com o artista a subir ao palco às 23h00. Os bilhetes estarão disponíveis em quantidade limitada em pré-venda a 12,50 euros numa primeira fase e a 15 euros numa segunda fase. No próprio dia os bilhetes custarão 18 euros. As entradas para o Plano B podem ser adquiridas na Fnac, Worten, Agências Abreu, Note!, MMM Ticket, C.C. Mundicenter, C.C. Dolce Vita, Shopping Cidade do Porto, Fórum Aveiro, Casino Lisboa e Campo Pequeno. No caso de bilhetes para o Musi Box a aquisição pode ser feita nas Lojas Fnac, Worten, El Corte Inglés, Agências Abreu, C.C. MMM, Casino Lisboa, Campo Pequeno e C.C. Dolce Vita. A venda online será feita através da Ticketline (plano B) e Bilheteira Online (Musicbox).


 

pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos