Francisco Rebelo (Orelha Negra): “O Kendrick é a nova imagem do hip hop”

[FOTO] Direitos Reservados

 

Os Orelha Negra vão estar presentes no próximo dia 16 de Julho, no palco principal do Super Bock Super Rock, ocasião mais do que justificada para uma rápida conversa com Francisco Rebelo, baixista da banda, que levanta o véu sobre o concerto que se avizinha.

Num” concerto especial com coisas especiais”, certo, certo é que os Orelha Negra não vão usar os seus medleys especiais para mostarem a sua versão de músicas de Kendrick Lamar ou De La Soul. Francisco Rebelo, que também faz parte dos Cais Sodré Funk Connection, por exemplo, avançou ao Rimas e Batidas essa certeza, invocando uma ideia universal de respeito: “Não vamos fazer isso por uma questão de respeito. Acho que era um bocadinho descabido, estando os próprios artistas presentes, nós termos a veleidade de estar recriar o material daqueles que vão tocar a seguir a nós – e que são incontornáveis e históricos do hip hop.”

“Kendrick (Lamar) é a coqueluche, é a nova imagem do hip hop”, sublinhou ainda o baixista de Orelha Negra, concluindo que o rapper de Comton “faz música séria e com isso conseguiu chegar a outras pessoas pela musicalidade. O hip hop, que muitos rotulam muito como uma cena mais do gueto, tem no Kendrick alguém que extravasa aquela cena estética do gueto e consegue passar uma mensagem importante. Podia fazer um paralelismo: recordo-me quando os Metallica lançaram o Black Album e os fãs reagiram mal, mas esse álbum chegou a muita gente.”

Kendrick Lamar, De La Soul e Orelha Negra sobem ao palco principal do Super Bock Super Rock no próximo sábado, 16 de Julho.


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team