Festival Rimas e Batidas: ORTEUM mostra a sua potência em formato de trio

[FOTO] João “Lagarto”

Na segunda noite do segundo festival Rimas e Batidas, após o concerto de Improvisível, ORTEUM entra em palco. Tilt, Mass e Nero apresentam em palco a mixtape Perdidos & Hashados e clássicos de projectos anteriores, com Gonçalo Oliveira no papel de DJ. A energia é focada ao som de batidas com samples quentes e melódicos, enquanto o trio mostra o calibre do rap underground português. Pelo palco passam convidados como Scorp e L-ALI.

“Cada hora passa rápido demais, embora eu foda os meus momentos finais.”

O grupo que antigamente era constituído por dez membros passou agora a três. Mais magro, mas também mais eficiente, o trio usa a sua formação mais agil para cruzar rimas em momentos de timing sincronizado. Com este concerto provam ao público que a missão mantém-se: mostrar o valor do rap independente num panorama demasiado marcado pelo lema “O Rap Tuga É Uma Merda” (ORTEUM). O público do Musicbox aplaude o trio com ferocidade, porque se há algo que sabem é que o rap português não anda adormecido

Amorim Abiassi Ferreira

Amorim Abiassi Ferreira

Copywriter comprometido com a descoberta e partilha de música. Gosta mais deste propósito do que de café e quem o conhece sabe que isso é uma declaração séria de amor.
Amorim Abiassi Ferreira

Latest posts by Amorim Abiassi Ferreira (see all)