pub

Festival Rimas e Batidas: Monster Jinx leva o Musicbox em viagem hipnótica pelo universo de J Dilla

[TEXTO] Amorim Abiassi Ferreira [FOTO] João “Lagarto”

Na noite de 19 de Abril, em plena segunda edição do festival Rimas e Batidas, os rapazes do colectivo do Monstro Roxo foram os segundos a subir ao palco com um medley de batidas do artista a que o festival presta homenagem, J Dilla. No 10º aniversário da morte lendário beatmaker, o Musicbox está preenchido de público e todos os olhos estão focados no palco para a homenagem a um produtor fora de série.

Enquanto o instrumental de “Fall in Love” toca, preenchendo o espaço de amor, SlimCutz fica à esquerda a tomar conta do scratching e DarkSunn encarregue de lançar beats e samples. Os beats, esses vão sucedendo à moda de Dilla, hipnotizantes e em doses curtas, sempre deixando apetite para mais uma dose.

A actuação leva-nos numa viagem pelo universo do produtor, em batidas quebradas, de groove acentuado pela curadoria de dois pesos pesados da Monster Jinx. Todas as vozes que acompanharam o homenageado estão presentes: Common, Talib Kweli, Busta Rhymes, entre outros. Os beats, ou foram criados por Dilla, ou então foram inspirados por ele, como em “Coronus, The Terminator”, de Flying Lotus, que fez a casa tremer com a sua potência em frequências baixas.

Por motivos de saúde, J-K não pôde actuar hoje, mas a dupla em palco não permitiu que por isso a homenagem fosse menor. Ao som de “Runnin’” de Pharcyde, recebem uma enorme salva de palmas fechando assim esta actuação inédita. A noite em que ninguém consegue fugir à enorme influência do boom bap do autor de Donuts.

pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos