Eminem explica à Variety a sua actuação nos Óscares 2020

[FOTO] Direitos Reservados

Eminem foi a surpresa musical da última edição dos Óscares. Sem que nada o previsse, o rapper interpretou “Lose Yourself” no palco da gala mais mediática do mundo do cinema.

A relação de Marshall Mathers com a organização dos Óscares data de 2003. Depois do sucesso de 8 Mile, o rapper de Detroit foi notificado com uma nomeação para a categoria de Melhor Canção Original para a 75ª cerimónia de entrega dos prémios mas decidiu não comparecer, ficando assim “Lose Yourself” fora do alinhamento musical planeado para a gala. Luis Resto — teclista, compositor e habitual colaborador de produção de Eminem, também responsável pela criação do hino de 8 Mile — ficou encarregue de ir no lugar do líder da Shady Records, que à data se mostrava descrente na escolha dos vencedores por parte da Academia que gere a entrega dos Óscares, conforme revelou ontem à Variety numa conversa telefónica.

“Na altura eu nem achava que tinha qualquer hipótese de ganhar e nós tínhamos acabado de interpretar o ‘Lose Yourself’ ao vivo nos GRAMMYs, com os The Roots, uma semanas antes dos Óscares. Achámos que não seria boa ideia. E também, na altura, o jovem ‘eu’ não achava realmente que um espectáculo como aquele me fosse compreender. Mas quando descobri que ganhei, ‘isso é de doidos!’ Isso mostrou-me o quão autêntico e real esse prémio é — quando tu nem sequer apareces mas mesmo assim ganhas. Isso tornou tudo muito real para mim.”



A edição de 2003 dos Óscares acabou por se tornar num marco global para o hip hop, com Eminem a sagrar-se o primeiro artista do género a ganhar uma das estatuetas promovidas pela cerimónia. 17 anos depois, o autor de Music to Be Murdered By redimiu-se ao aceitar um novo convite por parte da organização da gala, que já tinha decidido dar um novo destaque a 8 Mile numa das montagens que prestam homenagem aos filmes que fizeram história no passado.

“Foi fixe porque tinha acabado de editar um álbum, então disse que talvez fizesse sentido neste timing”, disse Marshall Mathers à Variety, explicando de seguida como decorreram os ensaios, a ideia do factor-surpresa e o trabalho árduo que é ser actor, não descartando totalmente a hipótese de voltar a ser protagonista num filme — “se surgir o argumento certo e couber no meu calendário, sou capaz de fazê-lo novamente.”

O momento musical protagonizado por Eminem na última gala dos Óscares foi alvo de reacções mistas, não apenas entre os presentes mas também pela comunidade cibernauta, com muitos elogios e críticas a surgirem, principalmente via Twitter. Reacções à parte, o acto de redenção por parte de um dos artistas mais bem-sucedidos do hip hop foi sem dúvida proveitoso: várias publicações têm dado conta do impacto da actuação, que se traduziu numa impressionante escalada de “Lose Yourself” até ao topo da lista de vendas no iTunes. A canção, originalmente editada em 2002, ultrapassou os mais recentes êxitos de Justin Bieber, Post Malone, Meek Mill ou Nicki Minaj. Resta agora perceber se os efeitos também se vão estender à posição do tema nas tabelas da Billboard nos próximos dias. “This opportunity comes once in a lifetime, yo!”


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team