Dillatronic já pode ser ouvido em streaming

A morte de J Dilla foi das que mais marcas deixou no mundo hip-hop e as batidas que ficaram engavetadas vão sendo a principal forma de colmatar a sua ausência. A sua mãe, Ma Dukes, em conjunto com a Vintage Vibez Music Group criou uma forma de homenagear o seu filho e escolheu 41 instrumentais com um som bastante contemporâneo e que demonstra o quão à frente estava Jay Dee.

Os formatos para compra são os mais variados e um must have para todos os coleccionadores. A partir de dia 30 de Oubturo, pode ser comprado em vinil (3xLP), CD e em três conjuntos deluxe. “Eu posso sorrir no meu coração, sabendo que o trabalho do meu filho está sendo partilhado com as pessoas, tal como tínhamos planeado antes de morrer. Eu só posso partilhar o melhor, e só espero continuar a apresentar ao mundo a genialidade de J Dilla”, disse Ma Dukes à Pitchfork.

Parte fundamental da construção de uma nova sonoridade negra que moldou o soul, r&b e o hip-hop ao lado de nomes como D’Angelo, Common, Questlove ou Erykah Baduh, J Dilla tem desde este ano um evento dedicado a honrar a sua memória intitulado “Dilla Weekend”, que contou com nomes como Madlib, Pete Rock, Joey Bada$$ ou Talib Kweli.